Ação de marketing para Watch Dogs (Multi) leva funcionários a chamar esquadrão antibombas

O fato levanta um questionamento sobre os limites das estratégias de marketing feitas pelas grandes empresas.

A Ubisoft tem feito investimentos significativos para promover seu mais novo jogo multiplataforma, Watch Dogs. Depois de uma "pegadinha" em que clientes de uma loja misteriosa ganhavam um aplicativo semelhante ao do jogo, um cofre suspeito foi enviado aos escritórios da Ninemsn, portal de notícias australiano.

Junto a ele, havia uma carta, que pedia para para que o leitor checasse sua caixa postal. No entanto, não havia nenhuma nova mensagem nos telefones da empresa. Assim, os funcionários resolveram colocar um código qualquer no cofre e tentar abri-lo. Para a surpresa de todos, ele começou a apitar continuamente.


Supondo ser uma campanha de marketing, os funcionários telefonaram para outros escritórios a fim de verificar se mais alguém tinha recebido o pacote, mas aparentemente, eles haviam sido os únicos. Sem nenhuma pista sobre o misterioso dispositivo, chegou-se a pensar que tratava-se de uma bomba.
"Isso é definitivamente o outro lado da questão em termos do que é seguro para uma empresa enviar algo para um escritório de notícias de forma anônima. A coisa era preta, pesada e um pouco assustadora."
Para não correr riscos, a Ninemsn resolveu acionar a polícia, chamando um esquadrão antibombas para o local. Com isso, parte da equipe também teve de ser evacuada do prédio.

Mas quando finalmente o cofre foi aberto, as únicas coisas que encontraram foram uma cópia de Watch Dogs, um boné e um gorro, em referência aos acessórios que protagonista Aiden utiliza.

Fonte: Kotaku

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google