Numa guerra (ou nesse jogo), nem todos são soldados

Novo jogo This War of Mine recria cenário de guerra pela perspectiva das vítimas.

Você já parou para pensar em quantos jogos sobre guerra existem? De praticamente todos os períodos históricos, da Roma antiga aos combates modernos. De muitos gêneros, FPS, RTS, estratégia em turnos, RPG, tático, simulador, MMORPG... Na indústria dos jogos, a guerra é tema constante.



Mas quase sempre nos focamos no lado heroico da coisa: super soldados, estratégias geniais, grandes sacrifícios para salvar o mundo. E a população afetada pelos conflitos, quando aparece, em geral são NPCs de pouca relevância. Mas agora são eles, ou será que não é melhor dizer nós, já que a maioria do público é formado por civis que não pegariam em armas numa situação real, que receberão um jogo. This War of Mine, do 11 Bit Studios, responsável por Anomaly, um jogo de guerra mais "tradicional", promete colocar o jogador no controle de refugiados que terão que tomar decisões difíceis em tempos difíceis.


"Enquanto projetávamos um novo jogo, nós encontramos um artigo que descrevia como um homem sobreviveu em uma cidade sitiada. Nós aprendemos sobre as suas dificuldades e o horror daquela experiência. Nós decidimos trabalhar em torno dessa ideia e fazer algo real, algo que toque as pessoas e as faça parar para pensar por um segundo. Já é hora dos jogos, como qualquer outra forma de arte, começarem a falar sobre coisas importantes". - Michal Drozdowski, designer de This War of Mine
Por enquanto pouco foi revelado além do teaser e da ideia do jogo. This War of Mine está sendo desenvolvido para PC.

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google