Project Flare é aposta da Square Enix para jogos na nuvem

A nuvem não é só um dos avanços tecnológicos mais associados a nova geração de consoles, ela pode tornar a experiência de jogar algo mui... (por Chibieska em 05/11/2013, via GameBlast)

A nuvem não é só um dos avanços tecnológicos mais associados a nova geração de consoles, ela pode tornar a experiência de jogar algo muito mais profundo e imersivo do que estamos acostumados. A Square Enix revelou que está desenvolvendo sua própria tecnologia de nuvem que não só vai mudar a forma como os jogos são distribuídos, mas também revolucionar a maneira como os usuários interagem.


Project Flare é a nova aposta da Square Enix, que consiste em diversos servidores interligados que funcionarão como um supercomputador virtual. Em entrevista ao Polygon, Jacob Navok, diretor de negócios da Square Enix, explicou que quando os usuários experimentam jogos em seus consoles atuais, os jogos são processados ​​localmente usando o chipset da máquina do jogador. Este chipset tem limitações, e isso limita o que os desenvolvedores podem criar e quais experiências querem projetar. Mas o Project Flare visa eliminar essas restrições.
"Então, até agora, quando nós falamos sobre jogos em nuvem, estamos principalmente falando de jogos de streaming. Eles não são jogos realmente em nuvem. O Gaikai, OnLive e as outras empresas estavam apenas colocando um console no centro de dados. Eles não estavam realmente mudando nada sobre isso. Houve mudança no modelo de distribuição, mas não houve uma mudança no design do jogo. Isso não é realmente uma mudança na tecnologia."
Segundo Navok, o objetivo do projeto é fazer com o que os jogos sejam processados e gerados pela nuvem. Para demonstrar o que ambiciona a empresa, Navok apresentou uma demo de Final Fantasy XI rodando através do projeto. No vídeo é possível ver a perspectiva de todos os personagens durante a partida, algo que Final Fantasty XI não foi originalmente projetado para ter.


Project Flare ainda está em estágio inicial de desenvolvimento, mas a Square Enix já firmou parceria com a Ubisoft. O projeto deve ser lançado em três anos, mas a empresa ainda não determinou como essa tecnologia será disponibilizada para o público.

Fonte: Polygon

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google