Rússia lança programa para incentivar jogos mais patrióticos

Parece que o governo russo está cansado da imagem negativa e de ver seus soldados serem dizimados em jogos de guerra e está lançando um pr... (por Chibieska em 09/10/2013, via GameBlast)

Parece que o governo russo está cansado da imagem negativa e de ver seus soldados serem dizimados em jogos de guerra e está lançando um programa de incentivo a empresas do país para que desenvolvam jogos mais patrióticos.


Segundo Arseny Mironov, porta-voz da Sociedade Russa de História Militar, jogos de videogame não são apenas entretenimento, eles também servem para ensinar e conduzir educação patriótica.
"A principal coisa que podemos esperar dos produtores de jogos é uma representação realista e historicamente verdadeiras de eventos.”
O programa ajudará com dinheiro, empresas do país que usarem russos nas suas histórias, mas títulos que distorcerem a imagem dos soldados poderão ser banidos. A ideia do programa surgiu por causa de Company of Heroes 2, que acabou gerando polêmicas por distorcer fatos históricos e denegrir a imagem dos soldados russos. O jogo acabou sendo banido do país.

E você, leitor, acha que uma medida similar no Brasil ajudaria a melhorar a imagem que temos lá fora?

Fonte: Gamespot

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google