Usuários do Ouya não compram jogos

Talvez o Ouya não pretenda revolucionar o mercado dos games, mas com certeza, queria chegar de maneira expressiva e conquistar o público.... (por Chibieska em 29/07/2013, via GameBlast)

Talvez o Ouya não pretenda revolucionar o mercado dos games, mas com certeza, queria chegar de maneira expressiva e conquistar o público. Mas parece que o caminho para se consolidar na indústria vai ser bem longo.

Apesar das vendas positivas após seu lançamento, o Ouya não está fazendo dinheiro para ninguém. O console com Android permite ao usuário testar uma demonstração gratuita de qualquer um dos jogos disponíveis em sua loja online. E é exatamente o que a maioria dos donos do console está fazendo.

De acordo com Julie Uhrman, CEO do Ouya, setenta e três por cento dos usuários nunca pagaram um centavo por qualquer game. Apesar do número alarmante, Uhrman parece confiante.
"Esses números vão crescer à medida que mais jogadores adquirirem o console. As vendas atrairão mais desenvolvedores, e eu acredito que até o final do ano, vamos ver alguns desenvolvedores dizendo que fizeram mais de um milhão de dólares com o Ouya."
Vale ressaltar que o jogo mais vendido foi o TowerFall, desenvolvido por Matt Thorson. O jogo, que é vendido por 14,99 dólares, foi baixado cerca de 2000 vezes, totalizando, aproximadamente, 30 mil dólares para os bolsos de Thorson. Um valor bem distante do sonhado por Uhrman.

Se os usuários não estão dispostos a pagar, os desenvolvedores acabarão por abandonar a plataforma. E isso pode se tornar uma bola de neve que enterrará o console prematuramente.

Fonte: The Verge

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook