Game Music

O calor da batalha renovado por Sakuraba no primeiro volume de 'Tales Of Series Battle Arrange Tracks'

Alguns podem não conhecer o nome Motoi Sakuraba , mas certamente já ouviram falar da série Tales Of . Ou alguns fãs podem até conhecer ... (por Érika Mitie Honda em 16/05/2013, via GameBlast)


Alguns podem não conhecer o nome Motoi Sakuraba, mas certamente já ouviram falar da série Tales Of. Ou alguns fãs podem até conhecer Sakuraba pela sua fama em Valkyrie Profile, mas não sabiam da sua participação na franquia de RPG da Namco. Fato é que, em qualquer um dos casos, temos o prazer de apreciar obras tão finas e caprichadas do compositor. Caso se enquadre em um dos grupos citados, sinta-se convidado a conhecer novas músicas criadas por esse gênio da música. Valkyrie Profile, assim como Tales Of, possui uma das trilhas sonoras mais memoráveis e cativantes dentre os jogos japoneses.

Sakuraba se destaca pelas músicas agitadas, principalmente os temas de batalha. Isso se confirma pelo mais conhecido tema “'Unfinished Battle With God' Syndrom” de Valkyrie Profile. Além de escrever músicas para jogos, animes e séries japonesas, o compositor também produz álbuns independentes de rock progressivo, então não é de se espantar que suas faixas de batalha ganhem tanto destaque e popularidade.

O compositor tem sido o responsável pela criação da grande maioria das músicas dos jogos principais da série Tales Of, resultando em uma quantidade grande de excelentes temas. Nada mais natural do que presentear os fãs com elaborados arranjos, livres das limitações dos jogos, das faixas de batalhas dos jogos da franquia. A ideia deu certo e um segundo álbum foi criado. Abordaremos aqui o resultado do primeiro álbum desses belos arranjos.

Tales Of Series Battle Arrange Tracks

O álbum procura incluir no máximo duas músicas de cada jogo para assim criar uma coleção mais diversificada. Os jogos homenageados são, em ordem cronológica de lançamento: Tales of Phantasia, Tales of Destiny, Tales of Eternia, Tales of Destiny 2, Tales of Symphonia, Tales of Rebirth, Tales of the Abyss, Tales of the Tempest, Tales of Vesperia. Ou seja, acompanhamos desde o primeiro título lançado para SNES, até os mais recentes lançados para Playstation 3 e Xbox 360. O álbum foi lançado em 2008, por isso Tales of Graces, Tales of Xillia e sua continuação ficaram de fora.

Mas, enfim, vamos ao que importa: as músicas!

The Arrow Was Shot [TALES OF THE ABYSS]

O álbum abre com um tema de Tales of the Abyss, jogo lançado originalmente para Playstation 2 e que teve um remake recente para o Nintendo 3DS.

The Arrow Was Shot [TALES OF THE ABYSS] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

Com melodias e padrões que sem dúvida fazem o estilo de Sakuraba, a música nos faz lembrar muito os temas de Valkyrie Profile e isso já é uma ótima notícia para os fãs do jogo. Com uma bela execução de bateria, guitarra e baixo, essa melodia faz bem em começar o álbum.

Full Force [TALES OF SYMPHONIA]

A seguir, Tales of Symphonia, um jogo com uma trilha sonora admirável! Fazer escolha da música para compor o álbum deve ter sido uma tarefa difícil, felizmente duas faixas foram incluídas.

Full Force [TALES OF SYMPHONIA] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

Full Force começa com a introdução sublime já conhecida pelos fãs. Enquanto a música original contava com a melodia principal sendo executada pelo órgão e pelos sons sintetizados, essa nova versão conta com o apelo da guitarra acompanhado da forte bateria. Teclados revezam com a guitarra de maneira suave e equilibrada mas com um ar de ansiedade. O tema ganhou um tom mais pesado e potente, combinando perfeitamente com o estilo do álbum.

Inferia Battle [TALES OF ETERNIA]

Inferia Battle, de Tales of Eternia, é nosso próximo homenageado da lista.

Inferia Battle [TALES OF ETERNIA] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

O tom alegre, sintetizado e quase uma versão suave de chiptune, são substituídos aqui por uma execução brilhante de piano acompanhado por uma suave flauta. Inesperados solos de órgão contrapõem a tranquilidade proporcionada pelas cordas. Aprecio muito estes arranjos que mudam totalmente o estilo e gênero da música. O tema ganha uma interpretação romântica e melodiosa, contrastando com as demais faixas dessa coleção.

Take Up The Cross [TALES OF PHANTASIA]

Tales of Phantasia é o primeiro jogo da série e foi lançado para o SNES. Que arranjos podemos esperar de músicas tão limitadas pelos antigos consoles?

Take Up The Cross [TALES OF PHANTASIA] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A música começa com a predominância do órgão e seu característico som se assimila muito aos jogos da era 16-bit. Um potente acompanhamento rítmico leva a melodia para mais impressionantes solos de órgão. Apesar de o estilo não ter sofrido grandes alterações, o tom da música mudou para um mais grave, tornando a música sutilmente mais séria e potente.

Furnace of War [TALES OF VESPERIA]

Partimos para um jogo um pouco mais recente, Tales of Vesperia, lançado para consoles atuais em 2008.

Furnace of War [TALES OF VESPERIA] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

Aqui, Furnace of War quebra os padrões do álbum. A música original é agitada, alegre e com fortes batidas rítmicas. Talvez justamente para causar impacto, essa faixa nos surpreende com uma composição orquestrada do tema. Iniciando com um suave piano que logo se torna envolvente e grandioso com o acompanhamento de instrumentos de cordas. No seu ápice há uma quebra, uma calmaria com toques sutis de piano harmônico, para depois crescer novamente. A melodia é dramática e misteriosa, a execução de piano com cordas é realmente brilhante, certamente uma das faixas mais elaboradas do álbum.

Battle Organization [TALES OF REBIRTH]

Título lançado originalmente para Playstation 2, Tales of Rebirth também nos traz ótimas composições para a série.

Battle Organization [TALES OF REBIRTH] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

Uma composição brilhante, Battle Organization nos traz uma execução muito bem trabalhada para o tema. Órgãos, pianos, guitarras sintetizadas e cordas fazem parte de todo o elenco instrumental da faixa. Com um inesperado solo de piano entre os órgãos e os demais instrumentos, a melodia frequentemente sofre variações de maneira admirável.

Bare Its Fangs [TALES OF DESTINY]

Tales of Destiny é o segundo jogo da série e o primeiro lançado para Playstation.

Bare Its Fangs [TALES OF DESTINY] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A música segue o estilo animado e alegre, típico dos antigos RPGs de fantasia. A versão desse álbum continua cativante e alegre, porém com a execução quase exclusiva do piano. O tema se torna suave e melodioso, com a execução brilhante da melodia pelas teclas de marfim. Sutis e quase imperceptíveis batidas floreiam o acompanhamento rítmico que é executado magnificamente pelo incessante piano.

Confrontations [TALES OF THE TEMPEST]

Tales of the Tempest pode não ser muito popular por aqui, pois é um spin-off lançado somente no Japão. Curiosamente, é o único spin-off com uma história única, que não faz parte de outro jogo da série.

Confrontations [TALES OF THE TEMPEST] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A sensação que temos ao ouvir essa versão é de lembranças a Valkyrie Profile novamente. A música possui o cativante poder rítmico de Sakuraba e nessa versão ganha ainda mais potência musical com variações de tema e tempo. Com um início que anuncia a chegada de algo, a melodia tema é executada pela guitarra sintetizada com o acompanhamento do piano. O piano logo vai dando seus toques dramáticos, criando um ar misterioso e ansioso para a melodia, com belas execuções de solos e harmonia e por fim encerrando com uma sutileza dramática.

Theme Of Battle [TALES OF DESTINY2]

Tales of Destiny 2 é a continuação direta de Tales of Destiny e foi lançado para Playstation 2. O jogo colaborou com o álbum com duas músicas.

Theme Of Battle [TALES OF DESTINY2] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A melodia e o tema não sofreram grandes alterações em relação ao original, porém os instrumentos sim. Com um equilíbrio do órgão com o piano e cordas, a melodia ganhou uma maior importância com solos de piano e mudanças rítmicas. A bateria incessante sofre paradas bruscas para a apreciação do piano, para depois retomar com toda energia.

Alea Jacta Est [TALES OF DESTINY2]

Alea Jacta Est é a segunda música de Tales of Destiny a fazer parte da coleção.

Alea Jacta Est [TALES OF DESTINY2] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A nova versão se tornou ainda mais misteriosa. Com uma bela introdução rítmica, a melodia é tocada pelas cordas e flauta, com o padrão rítmico dramatizando o tema. Uma versão diferente, interessante e bem executada.

The Edge Of A Decision [TALES OF THE ABYSS]

Próximos à reta final do álbum, acompanhamos aqui mais uma música emprestada de Tales of the Abyss.

The Edge Of A Decision [TALES OF THE ABYSS] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

Com um tema forte e penetrante, a versão arranjada não se distanciou muito do estilo original, que já contava com guitarras fortes e solos de órgão. Os vocais de fundo foram substituídos pelo piano, que apesar de ter uma bela execução pode não ter o mesmo efeito das vozes. A música ganhou mais dinamismo nessa releitura com um jogo constante de instrumentos. O cativante tema da melodia faz dessa música uma das mais gostosas de se ouvir.

Like A Glint Of Light [TALES OF SYMPHONIA]

Por fim, encerramos o álbum com mais uma música da excelente trilha sonora de Tales of Symphonia.

Like A Gilnt Of Light [TALES OF SYMPHONIA] by Motoi Sakuraba on Grooveshark

A última faixa traz uma releitura diferente. Largando o tom grandioso e alegre do original, essa versão se mostra a mais misteriosa de todo o álbum. Com um longa introdução de piano com sintetizadores para aumentar a ansiedade e o drama, a melodia é tocada sutilmente e de maneira crescente. Até então calma e relaxante, a melodia ganha velocidade e urgência na metade da faixa, com um piano acelerado e forte numa ansiedade que, de repente, se transforma em calmaria novamente. É uma melodia sutil e elegante, ao mesmo tempo dramática e perturbadora. No bom sentido, claro.


Como todo álbum com músicas arranjadas, esse é mais um daqueles gostosos de se ter, e de se ouvir, claro. Motoi Sakuraba é um dos mestres da música de jogos e certamente fez um ótimo trabalho com Tales Of Series Battle Arrange Tracks.

Revisão: Bruno Nominato
Capa: Douglas Fernandes

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.