Violência em videogames se tornou uma preocupação para a Disney

As recentes polêmicas envolvendo violência e videogames continuam afetando a indústria. Depois do anúncio de uma pesquisa pedindo a rel... (por Alexandre Galvão em 28/01/2013, via GameBlast)

As recentes polêmicas envolvendo violência e videogames continuam afetando a indústria. Depois do anúncio de uma pesquisa pedindo a relação entre comportamentos violentos e jogos eletrônicos solicitada pelo presidente Barack Obama (EUA), a Disney se mostra preocupada com o conteúdo de seus jogos e que vai redobrar os cuidados para minimizar os efeitos que a violência nos jogos que distribui podem vir a causar nos jogadores.
"Felizmente, na Disney há muito pouco conteúdo violento. Mas ainda queremos ter a certeza de que estamos nos questionando corretamente quanto a este assunto e, então, poder assegurar que também estamos dispostos a entrar em um diálogo no mundo de hoje. Acho que isso é muito necessário em termos de qual o nosso papel e o que se deve fazer".
Bob Iger - CEO da Walt Disney Company
A mais recente tragédia envolvendo videogames foi o atentado a uma escola infantil em Newtown, em Connecticut (EUA). Jornais publicaram que o assassino era obcecado pela franquia Call of Duty e que isso o teria motivado a assassinar 26 pessoas.


Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook