Confira como foi o Yujô Gamer em Natal/RN

Nesse último domingo, dia 16 de dezembro, ocorreu o Yujô Gamer em Natal/RN, mais precisamente no Praiamar Natal Hotel, organizado pelo me... (por Alberto Canen em 18/12/2012, via GameBlast)

Nesse último domingo, dia 16 de dezembro, ocorreu o Yujô Gamer em Natal/RN, mais precisamente no Praiamar Natal Hotel, organizado pelo mesmo pessoal por trás do Yujô Fest. O evento, voltado para os gamers e otakus locais, contou com diversos campeonatos de videogame, palestras, concurso de cosplay, gincanas e bandas. Os organizadores já sabiam que seria um grande sucesso de público quando venderam 800 ingressos antecipadamente e estimam que cerca de 1.500 pessoas passaram pelo evento. Confiram tudo que ocorreu por lá.

Um dia para os videogames

O evento começou às 9h da manhã e só foi terminar 21h. Portanto, foram 12 horas de muita diversão. Eram muitas atividades ocorrendo ao mesmo tempo, com destaque para os diversos campeonatos de videogame, que eram a principal atração e onde o público gastou mais a sua voz torcendo pelos participantes. Teve para todo tipo de gosto. Muitas lutas nos clássicos Street Fighter IV Arcade Edition (PS3), The King of Fighters XIII (PS3), Ultimate Marvel Vs. Capcom 3 (PS3), Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations (PS3) e Tekken Tag Tournament 2 (PS3). Teve até mesmo Super Smash Bros. Brawl (Wii), um dos jogos de luta com maior capacidade de integrar pessoas diferentes, no qual mesmo participantes com bem menos idade se sentiram confortáveis para jogar de igual para igual com jogadores mais velhos. Vale destacar que um membro do Blast também participou e perdeu para um garoto de no máximo 7 anos de idade. Ele tem dado desculpas desde então (noob). Estamos analisando uma punição adequada - aceitamos sugestões.

Cerca de 1.500 pessoas prestigiaram o evento
Mas como nem todo mundo gostam jogos de luta e estamos no "País do Futebol", muitos preferiram acompanhar as acirradas partidas de Pro Evolution Soccer 2013 (PS3), que por sinal teve uma ótima evolução em relação à sua versão anterior, PES 2012. Os "fifeiros", infelizmente, tiveram que se contentar com o jogo da Konami, já que seria inviável colocar dois jogos de futebol diferentes no mesmo evento.

O público ainda se divertiu muito com a competição de Dance Central 3 (X360). Tiveram vários competidores mandando muito bem (outros eram "esforçados"). Mas o campeonato mais empolgante foi o de Defense of the Ancients: Allstars (PC), o famoso "DotA", que contou com oito time de cinco jogadores. A final foi eletrizante: uma melhor de três vencida por 2x1. Os portáteis também foram bem representados pelas Ligas Pokémon e Mario Kart do RN, com campeonatos de Pokémon Black & White 1 e 2 (DS/3DS) e Mario Kart 7 (3DS).

Mas quem foi conferir o evento não ficou apenas olhando os competidores jogando. Vários consoles estavam à disposição do público com os mais variados games. Até mesmo os saudosos Super Nintendo e Mega Drive estavam disponíveis, com jogos como Top Gear (SNES, 1992) e Sonic the Hedgehog 2 (MD, 1992). Se os games mais retrôs estavam bem representados, o mesmo pode ser dito do mais modernos, com a presença o novo console da Nintendo: o Wii U. Apenas um jogo estava disponível para o pessoal testar, o Sonic & All-Stars Racing Transformed, mas já deu para o pessoal ter aquele primeiro contato com o controle estilo tablet da Big N.

SEGA e Nintendo lado a lado
O evento ainda contou com palestras de alto nível voltadas para o público gamer: uma mais técnica, "Desenvolvimento de Jogos", proferida por Francisco Nato; outra sobre "Side e-commerce", com Geraldo "Brazuca", para o pessoal que quer se aventurar no comércio de games; e teve até "Terapia Ocupacional com Videogames", por Wagner Souza. Foram todas bem esclarecedoras e que servem como incentivo para aqueles que pretendem ganhar a vida com jogos eletrônicos.

Cultura japonesa em terras potiguares

Se o público gamer estava bem servido, os fãs da cultura japonesa também tiveram muito o que comemorar. O evento contou com o clássico concurso de cosplay, com excelente trajes usadas pelos participantes, como de Predador, de tantos filmes e jogos, e de Chris Redfield, da franquia Resident Evil. Além disso, teve muita música de excelente qualidade para levantar a galera: Coral One Winged Bards, que cantou temas clássicos de franquias famosas, como The Legend of Zelda e Super Mario Bros.; Banda Kujihan, que mandou ver no melhor rock 'n' roll japonês/gamer, fechando a sua apresentação com a famosa Born to Be Wild, de Rock n' Roll Racing (SNES); e, para finalizar a noite, a talentosa Larissa Tassi subiu ao palco para cantar os clássicos da trilha sonora dos Cavaleiros do Zodíaco da época da TV Manchete. A plateia provou que é fã e sabia todas as letras de cor, fechando o dia no maior alto astral.

Larissa Tassi esbanjou talento com os clássicos de CdZ
A cereja do bolo foi o vídeo disponibilizado no telão do palco, no qual Rodrigo Rossi, um dos principais expoentes das versões brasileiras das músicas de animes, anunciou o seu projeto de unir todos os cantores de Cavaleiros do Zodíaco no mesmo palco. E isso ocorrerá no dia 17 de março de 2013 (se o mundo não acabar), no Yujô Fest IV, em Natal/RN. Grande notícia para os otakus potiguares comemorarem. Quem sabe com o sucesso esse evento não ocorra nas demais capitais do país?
Não é sempre que cidades fora do eixo RJ-SP têm a oportunidade de receber um evento de grande porte voltado exclusivamente para os gamers e otakus. Mas isso não significa que não há público nos demais locais do país. Natal provou que esse tipo de iniciativa vale a pena e tem retorno, mesmo fora do Sudeste, que já conta com uma base consolidada de eventos desse tipo. Esperamos que cada vez mais empresários invistam nessa área que tanto gostamos e apoiamos. E você, caro leitor, costuma frequentar esse tipo de evento? Deixe o seu comentário.

Revisão: Ricardo Bach

Escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.


Disqus
Facebook
Google