Vem aí

Prévia: Elex (Multi), seu mundo em apocalipse e diversas facções brigando pela reconstrução

O RPG em mundo aberto deve oferecer uma história densa, com escolhas a serem feitas, um grande cenário e combate que mistura fantasia, tecnologia e brutalidade


Os RPGs são influências para diversos jogos, dando toques do gênero a games como Rise of the Tomb Raider e Assassin's Creed: Origins. Porém, alguns RPG em si não conseguem fazer tanto sucesso fora do PC, como The Witcher 3. Elex está sendo lançado com a missão de ser outro sucesso multiplataforma, apostando em elementos certeiros, desde escolhas que impactam no enredo até um diversificado mundo apocalíptico.

O meteoro está de volta

Desde bem pequeno, a gente sabe que os dinossauros já dominaram a Terra. No entanto, tal era foi bruscamente interrompida com um meteoro que acertou em cheio o nosso planeta, provocando um abalo que extinguiu um grande número de espécies. Por sorte, temos os amigos répteis e fósseis para nos contar a história.



Em Elex, o evento se repetirá, agora para acabar conosco, os humanos. Um meteoro atingiu o planeta Magalan (uma Terra fictícia) e mudou toda a realidade social. Bilhões morreram, e os que restaram se uniram em facções, todas com o mesmo objetivo: reconstruir o planeta.

Para isso, todos os grupos miram no Elex, elemento presente no meteoro que caiu. O Elex tem características poderosas, capaz de fornecer uma grande quantidade de energia.

Os Berserkers querem restaurar Magalan ao estado original, reflorestando o planeta novamente e ajudando os animais a sobreviver; eles conseguem transformar o Elex em mana e acreditam que a magia é o caminho para a paz, ao contrário da tecnologia.

Se os Berserkers podem ser vistos com “bonzinhos”, os Albs seriam os vilões. Eles foram audaciosos o bastante para consumir o Elex puro. O elemento atribuiu a força e inteligência aos Albs, mas anulou qualquer sentimento humano. Eles se tornaram viciados em Elex, sempre consumindo e em busca de mais. Assim, determinaram-se donos por direito do material. É dessa maneira que desejam reconstruir Magalan: sacrificando os fracos para a dominação dos fortes.

Os Clerics são religiosos e moram no ponto onde o meteoro caiu, um lugar de constante vulcânica. Eles enxergam o Elex como um mal. Seu deus Calaan afirma que o consumo de Elex em qualquer forma é pecado. Mesmo assim, eles não ignoram o poder do elemento, usando-o como fonte de energia para armas e indústria. Com essas máquinas, eles desejam espalhar sua palavra pela terra e trazer reconstrução com fé.

Já os Outlaws são bandidos que não querem seguir o deus dos Clerics, as leis de Berserkers ou abdicar da humanidade como os Albs. Eles acham que a tragédia do meteoro possibilita um recomeço, em que podem se livrar do passado e das limitações sociais anteriores para crescerem na vida. Os Outlaws moram na parte mais pobre do planeta, mas acreditam que sua determinação e brutalidade podem trazer recompensas.

Prepare-se para encarar essa nova sociedade que surge, repleta de perigos e desavenças. A qual lado você vai se aliar?

O soldado renegado

Você era um soldado Alb com a missão de explorar o mundo e conseguir mais Elex, mas sua missão não foi bem-sucedida. Você se perdeu em Edan, a terra verde dos Berserkers, e agora, sem Elex, começa a ter sentimentos humanos pela primeira vez na vida. O personagem passará construir sua própria moral, com a possibilidade de escolher a qual facção se aliar.

Assim, somos apresentados a uma história repleta de escolhas. O enredo pode mudar a qualquer decisão que tomar. Portanto, pense já no que você acredita: acha que Magalan deve voltar ao estado original, viver uma ditadura militar, ficar sob a liderança inquestionável de um deus ou decretar estado de sítio? Elex é um jogo que, com certeza, terá muito a escolher e vivenciar.

Um mundo grande e rico

Cada facção tem sua região, com características únicas e elementos próprios. Floresta, neve, vulcão e deserto. Ainda há uma quinta região, dominada pelas novas espécies animais de Magalan, que podem ser quase tão perigosas quanto os humanos.

Como um RPG, Elex tem um vasto número de roupas e armas. Seu guerreiro pode usar desde machado até arco. Além disso, você poderá usar lança-chamas, lançador de mísseis e até magia! Haverá muito a descobrir e usar em Magalan.

Épico? Talvez

Elex tem tudo para ser um grande sucesso entre RPGs. Com uma história repleta de possibilidades, com um interessante enredo, além de um combate cheio de armas, muitas roupas para se armar e um belo visual; por que não estar ansioso por Elex?

Elex será lançado no dia 17 de outubro, para PC, PlayStation 4 e Xbox One. Você pretende jogar o game?

Elex — PC, PlayStation 4 e Xbox One
Desenvolvedora: Piranha Bytes
Gênero: RPG de ação
Lançamento: 17 de outubro de 2017
Expectativa: 4/5

Revisão: Bruno Alves
Janderson Oliveira ainda não chegou ao patamar de universitário por estar no Ensino Médio, entrou no GameBlast com o intuito de unir o que aprendeu em sala com o que andou jogando enquanto deveria estudar para Química. Tem Facebook caso queiram catalogar a espécie.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook