Jogamos

Análise: DiRT Rally (Multi) faz você comer poeira em outro nível

Entre nos melhores carros de Rally do mundo, acelere fundo e preste muita atenção em seu copiloto.

Minha paixão pelas corridas de Rally começou cedo, desde os tempos de International Rally Championship no PC. São incontáveis as horas da infância que passei me dedicando a esse jogo; sempre me identifiquei muito com esta modalidade da competição automobilística. Nos tempos um pouco mais recentes, em 2011, me deparei com essa grande franquia de sucesso da Codemasters e investi bastante em DiRT 3, que era mais que apenas um jogo de Rally, pois misturava elementos de arcade em competições de drift e simulações de corridas radicais dos X-Games. Não tive a oportunidade de me aventurar por DiRT Showdown, lançado em 2012. Por isso, para efeito de comparação da evolução apresentada em DiRT Rally, usarei DiRT 3 como a minha maior referência na franquia.

O clássico Subaru Impreza Finland Slide.

Primeiras impressões

Quando liguei DiRT Rally pela primeira vez, pensei: “Uau, o que está acontecendo aqui?”. Eu fiquei muito impressionada com a beleza do jogo de modo geral; é realmente estonteante ver um jogo de corrida rodando a 60 quadros por segundo e com resolução 1080p. O visual é a primeira coisa que chama a atenção — os detalhes das pistas e dos carros são impressionantes, principalmente em estradas com neve ou lama, que aos poucos vão sujando o carro no decorrer das corridas, além das peças de lataria quebradas ou amassadas que, por descuidos do piloto, podem se desprender do carro ao longo das provas.

Outro ponto que chamou a atenção em DiRT Rally, logo em seguida, foi a dificuldade. Nem mesmo com todas as opções de ajuda ligadas o jogo se torna menos complicado à primeira vista. É possível estabelecer, por exemplo, o nível dos freios ABS, controle de tração e controle de estabilidade em uma escala que vai de zero a cinco. Optar por desligar essas opções garante um percentual de bônus no prêmio final recebido após uma corrida ou campeonato. Minha dica para jogadores novatos e intermediários é: jamais pense em correr com essas opões desligadas, pelo menos no início do jogo. E o mais importante: aprenda a usar o freio de mão nas curvas.

Às vezes as coisas dão errado...

Muito mais Rally

Se tem uma coisa que fez bem para DiRT Rally, foi o jogo ter voltado às origens e ter se focado bem mais nas corridas de Rally propriamente ditas. O título tem como foco principal o  modo carreira, que permite ao jogador ir acumulando o dinheiro dos prêmios para comprar novos carros, melhorar a equipe de engenheiros e participar de competições de categorias diferentes. Há um leque bem grande de classes de veículos que vai desde os carros de Rally dos anos de 1960 até os dias atuais, podendo agradar diferentes fãs do esporte. Além das tradicionais corridas de ponta a ponta, há competições de Rallycross, que consistem em circuitos fechados que misturam terra e asfalto, e Hillclimb, que são longos percursos no famoso Pikes Peak americano, em que o jogador pode realizar o mesmo percurso duas vezes para garantir o melhor tempo.

Uma mecânica que está ausente em DiRT Rally é a possibilidade de fazer flashbacks durante as corridas. Sem dúvidas faz bastante falta ter a opção de voltar alguns segundos na corrida e tentar uma estratégia diferente em meio a curvas e obstáculos do terreno. Um erro aqui pode ser, literalmente, fatal, pois em caso de um grave acidente com perda total do veículo, o jogador fica impedido de prosseguir na campeonato como um todo. Esse fato faz com que todo cuidado seja pouco. Imagina estar no topo da tabela e de repente ser desclassificado por ter arrebentado o carro sem querer na última corrida? Não será fácil superar essa frustração. Por outro lado, ainda é possível realizar reinícios de corrida, mas, com tantas adversidades, é melhor tentar ser um piloto perfeito logo de cara. Além do mais, essa opção custa alguns dinheiros a menos na premiação final.

Incomoda o fato dos loadings entre as corridas de uma mesma competição demorarem um pouco mais. Quando se está imerso no jogo, o que o jogador mais quer é entrar no próximo percurso e essa demora às vezes quebra um pouco a adrenalina. Em contrapartida, nos intervalos entre algumas etapas, é possível realizar ajustes no carro e até mesmo consertos, caso você tenha danificado alguma peça importante, tornando a simulação ainda mais interessante.


Física quase perfeita

É impressionante como é necessário entender bastante de como funciona a física em um carro de Rally para poder conseguir jogar bem. O tutorial de DiRT Rally é exclusivamente em vídeo, onde um narrador vai mostrando vídeos das corridas e explicando as técnicas usadas pelos principais pilotos da categoria de modo mais generalista; ele fala sobre física, sobre diferentes pistas e mostra como é importante saber frear, acelerar e girar a direção na hora certa. Parece besteira, mas cada carro no jogo funciona de forma totalmente diferente fisicamente falando e é impossível dominar qualquer um deles de primeira.

Nas minhas primeiras quatro horas de jogo, eu não conseguia acelerar com o gatilho do controle pressionado até o fim. A precisão que o jogador deve ter para encarar as curvas, saltos e depressões é absurda. O problema foi que, mesmo dominando razoavelmente bem alguns carros, e conseguindo fazer corridas praticamente perfeitas, sem bater ou sair da pista, não consegui obter colocações acima do terceiro ou no máximo segundo lugar (em raras oportunidades), o que foi bastante decepcionante. Em DiRT Rally, exceto nas corridas de Rallycross, você corre sempre sozinho, contra o relógio e contra o tempo que seus adversários fizeram no percurso. Nota-se que o problema da dificuldade é um certo desbalanceamento, pois mesmo quando consegui chegar na segunda posição, fiquei atrás do primeiro por mais de 20 segundos.



Por um lado, o jogo acerta em cheio na simulação. Por outro, torna DiRT Rally bem menos acessível que seus antecessores. É possível tornar a inteligência artificial ainda mais complexa, porque conforme o jogador termina uma temporada entre os três melhores pilotos, ele recebe uma oportunidade de disputar uma temporada em uma categoria mais difícil, usando a mesma classe de carros que o consagrou.

Ouça o seu copiloto

É quase impossível conseguir jogar bem sem prestar atenção no que o seu copiloto está dizendo ou sem ao menos se atentar nas direções que aparecem em forma de códigos na tela com informações sobre as próximas curvas. O grande problema nesse ponto está na dublagem. Mesmo tendo localização para português, algumas vezes não dá para entender quase nada do que o copiloto está tentando te alertar, principalmente se for uma pista com muitas indicações importantes seguidas, tais como curvas em sequência. É aí que as indicações na tela se fazem mais importantes, até mesmo porque em DiRT Rally o piloto só consegue visualizar o formato da estrada/pista antes da corrida começar.


Eventos online testam suas habilidades

O modo online mais interessante das corridas de Rally é baseado em eventos, que podem ser diários, semanais ou mensais. Completar esses eventos também rende dinheiro no jogo para comprar novos carros e realizar melhorias. É interessante como DiRT Rally mescla entre estágios online em que todos correm com o mesmo carro, podendo participar até mesmo o jogador ainda não adquiriu aquele veículo, e eventos fechados aos jogadores que possuem veículos de determinadas classes em sua garagem. A premiação é feita ao final do evento e é distribuída pela comunidade de acordo com a sua posição em relação a todos os jogadores ao redor do mundo que também entraram na disputa. Ou seja, se você fez um tempo melhor que a maioria dos outros jogadores, sua recompensa será mais alta.

A única parte disso que ainda não está funcionando perfeitamente é a sua classificação em tempo real. Logo após o término da corrida, teoricamente daria para ver sua posição entre os outros jogadores que fecharam a prova, mas isso não está funcionando. O que o jogo fornece é apenas o melhor tempo e quantos segundos você completou a prova depois dele. Provavelmente isso será corrigido em uma próxima atualização.



De modo geral, DiRT Rally mostra o peso da franquia e investe pesado em uma simulação de alto nível. Para os fãs dessa categoria automobilística, é um título essencial para ter em suas bibliotecas. Mesmo aqueles que não estão familiarizados com o Rally certamente terão boas horas de diversão ao se aventurar por essas pistas traiçoeiras e cheias de perigos.

Prós

  • Visual muito bonito;
  • Ótima física de distribuição do peso do carro na corrida;
  • Muitas categorias e estilos de corrida diferentes;
  • Modo carreira divertido;
  • Bons recursos online.

Contras

  • Ausência de ajuste de dificuldade;
  • Eventuais bugs nas falas do copiloto;
  • Loadings um pouco demorados;
  • Painel de classificação online não funciona;
  • Pouco acessível para jogadores casuais.
DiRT Rally — PS4, XBO e PC — Nota: 8.5
Versão utilizada para análise: PS4
Revisão: Robson Júnior
Ana Krishna Peixoto é graduanda em Ciências Econômicas pela UERJ. No Blast, é Social Media e Redatora. Suas paixões são os livros, a escrita e os videogames. Fã de PlayStation, não nega sua queda pela Nintendo. Pode ser encontrada no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais