Jogamos

Análise: Star Wars: Battlefront (Multi) é uma guerra online refinada

Combates frenéticos, visuais realistas, diversos modos de jogo e muita diversão marcam o novo título da aclamada série cinematográfica nos videogames.


Quase tão aguardado quanto o sétimo filme, Star Wars: Battlefront, enfim chega para encher de luz — ou trevas — os corações dos fãs de uma das maiores séries do cinema. Lançada para PC, Xbox One e PlayStation 4, a nova aposta da EA para os combates online traz um jogo impecável, com visuais realistas, trilha sonora de alta qualidade, disputas divertidas e uma jogabilidade simples, mas apurada. Escolha o seu lado da força e confira conosco o que achamos desse novo título galático.

O retorno dos jedis

Desde 2013, quando a EA conseguiu os direitos para produzir um jogo baseado no universo de Star Wars, os fãs esperam com ansiedade essa nova aventura. Veio a E3 2013 e a DICE, subsidiária da EA, confirmou a existência do novo jogo, já revelando que se tratava de um novo Battlefront, mas que o jogo seria um recomeço para a franquia. Na E3 2014, novos detalhes foram trazidos para o público, como cenários, personagens e a data de lançamento: Natal de 2015, para coincidir com o lançamento de Star Wars VII: The Force Awakens.

Cá estamos, faltando poucos dias para o Natal, menos ainda para The Force Awakens, e já com alguns dias de jogatina do tão aguardado Star Wars: Battlefront. Mas será que a espera valeu a pena? Será que o título faz jus ao nome que carrega? Vamos ao jogo.

Apresentação de luxo

Logo ao iniciar o game somos levados a um interessante tutorial chamado Droides de Reconhecimento. Nele, o jogador é apresentado às mecânicas do jogo, como correr, agachar, atirar, trocar de itens e armas, alternar entre visão em primeira e terceira pessoa e tudo mais. Fique tranquilo, mesmo que você nunca tenha jogado nada parecido, C-3PO (um velho conhecido para os fãs da série) dará as orientações e em pouquíssimo tempo você estará bastante familiarizado com a jogabilidade.

Dominar os controles será uma tarefa fácil, independente da sua habilidade em FPSs. Eu, por exemplo, não sou muito bom nesse tipo de jogo em primeira pessoa. Contudo, a visão de trás do personagem tornou a minha experiência muito mais fácil e recompensadora. Você poderá alternar entre os dois modos de visão como quiser, na hora que bem entender. Essa liberdade é ótima para adequar o título aos diferentes jogadores.

Jogar não é dificuldade, pois os comandos são simples e eficientes. Difícil mesmo é não se impressionar com os visuais do jogo. Desde a modelagem quase real dos personagens, passando pelas texturas dos cenários, os efeitos de luz e sombra e a movimentação fluida, até os efeitos de explosão e partículas, tudo é feito com bastante esmero. Em vários momentos, por exemplo, você pensará estar controlando cenas dos próprios filmes.

Essa sensação de realidade e aproximação com a hexalogia se intensifica com os efeitos sonoros — a trilha é formada por composições inéditas e versões novas das canções clássicas — e a ambientação em locais familiares. É um título digno do nome que carrega, principalmente pela sua qualidade técnica.

Guerra total

Passado o momento inicial de treinamento, o jogo começa a revelar suas formas. Uma primeira vista no menu inicial já dá uma ideia do que podemos esperar dessa guerra nas estrelas, São muitas opções de jogo — tudo localizado para o português, com direito a uma ótima dublagem —, alternando entre modos online e local. Antes de comentar os modos principais, vale destacar as opções de personalização, coleção e estatísticas. Neles, você poderá: personalizar o seu guerreiro com pontos conquistados durante o jogo (aparência, armas, itens); coletar itens especiais desbloqueados pelas suas façanhas; e saber seu aproveitamento em todos os modos de jogo.

Nos modos para um jogador, você poderá escolher entre Missões (onde é possível treinar um pouco mais a fundo as mecânicas do jogo), Batalha (enfrentar amigos ou a IA nos mesmos modos disponíveis no multiplayer online), e Sobrevivência (você será verdadeiramente testado contra exércitos de inimigos).

Recomendo que comece a jogatina por esse modos. É uma excelente forma de aprimorar as técnicas e conhecer os vários modos disponíveis para jogar com a galera. Ainda, é uma ótima forma de conseguir desbloquear colecionáveis, pois em cada estágio existem diversos desafios que rendem pontos para customização, como no modo Sobrevivência, onde é preciso resistir a 15 turnos de investidas inimigas enquanto ataca, desvia, coleta itens e traça estratégias.

Aliás, esse é o mais próximo que você chegará de um modo campanha, já que infelizmente a EA e a DICE não disponibilizaram esse modo, frustando boa parte dos fãs da série. Mesmo não sendo uma maravilha jogar as opções locais, é até divertido  — pelo menos nas primeiras vezes — enfrentar a IA em batalhas campais, pilotar a X-Wing entre cânions, perseguir inimigos em alta velocidade com uma Speed Bike, destruir tudo com o Walker AT-ST e controlar os icônicos personagens da série, como Darth VaderLukeHan SoloLeia Palpatine em combates fervorosos por cenários marcantes, como HothTatooine e Endor.

A verdadeira essência 

É difícil experimentar o título e não imaginar uma linda campanha principal percorrendo acontecimentos dos filmes, principalmente se levarmos em consideração o ótimo trabalho feito com jogos do mesmo gênero, como Battlefield: Hardline. Entretanto, não é essa a premissa de Star Wars: Battlefront. Em sua essência, este foi um jogo pensado exclusivamente para os combates online — e nisso o jogo entrega uma experiência primorosa.

São diversos modos de jogo online para jogar com os amigos e desafiar a comunidade. Combates dez contra dez, embates entre heróis, disputas em controle de veículos, enfrentamentos em busca de pontos, busca por bandeiras, defesa de posição e tantos outros. Tudo funcionando perfeitamente, sem quedas bruscas de frame ou problemas de conexão que atrapalhem a jogatina. Eu, por exemplo, joguei por cerca de dez horas e não tive nenhum problema de conexão. Joguei de forma suave e ininterrupta durante todos os meus testes.

Como já falei, não sou nenhum rei nas disputas online quando se fala em FPS. No entanto, pela facilidade de comandos e intuitividade do jogo, não tive problemas em enfrentar jogadores mais experientes, conseguindo um bom desempenho. Posso dizer que não faço feio — como decepcionei meus companheiros virtuais em Gears of War: Ultimate Edition e Halo 5: Guardians — no time da Aliança Rebelde.

O início no online pode ser um pouco frustante, mas caso tenha treinado antes nos outros modos, provavelmente você conseguirá boas pontuações. Além do mais, a cada rodada você acumula pontos, desbloqueando novas armas e itens que irão aprimorar o seu personagem e trazer novas perspectivas ao jogo.

Star Wars: Battlefront entrega uma experiência online completa, diversificada e divertida. O único grande problema que encontrei nos modos online, por ocasião, não se deve à produtora, mas aos jogadores. Em diversos momentos tentei jogar as outras opções de jogo online, mas a galera simplesmente se recusa a jogar. Não faltam salas no modo batalha dez contra dez (o mais divertido, aliás). Todavia, é muito complicado encontrar alguém disposto a jogar os modos em veículos e que exigem mais estratégia, como os de proteção às cápsulas. Vi bastante gente reclamando de falta de conteúdo no jogo, mas ele está presente — é necessário que aproveitem um pouco mais das possibilidades trazidas por esse título.

Novas esperanças 

Extremamente aguardado pelos fãs da série e entusiastas dos jogos online, Star Wars: Battlefront é um título tecnicamente refinado, trazendo para a nova geração visuais belíssimos e uma experiência online digna dos grandes clássicos recentes, mas com um toque especial, que só o universo fantástico criado por George Lucas é capaz. Espere por grandes confrontos, diversos momentos divertidos, estratégias em equipe bem elaboradas e muitas, mais muitas horas de jogo, embaladas por uma trilha sonora bela e diálogos dublados de forma convincente.

Seja fã da saga estelar ou mais um apaixonado pelos FPSs, esse é um título que você precisa experimentar. Embora o preço não seja muito convidativo, Star Wars: Battlefront faz jus ao nome que carrega e é um dos melhores jogos da atual geração. Enquanto novos jogos inspirados na saga ou uma continuação para Battlefront não são anunciados, escolha o lado da força e divirta-se.

Prós

  • Visuais detalhadíssimos;
  • Trilha sonora inspirada nos filmes;
  • Ambientação realista;
  • Jogabilidade intuitiva;
  • Diversidade nos modos de jogo;
  • Batalhas frenéticas e divertidas;
  • Fator replay elevado;
  • Customização e colecionáveis interessantes;
  • Ótima localização para o público brasileiro.

Contras

  • Pouca atratividade em alguns modos de jogo;
Star Wars: Battlefront — PC/PS4/XBO — Nota: 9.5
Versão utilizada para análise: Xbox One

Revisão: Robson Júnior
Ítalo Chianca escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais