The Last of Us: Troy Baker elogia Craig Mazin e fala sobre produção da série da HBO

Ator fez capturas de movimento e dublou Joel em jogo da Naughty Dog.

Em entrevista exclusiva ao Fandom, o ator e dublador Troy Baker comentou sobre suas expectativas a respeito de The Last of Us: Part II, sequência do aclamado jogo de 2013 lançado para o PlayStation 3 (e remasterizado para PlayStation 4 em 2014). Segundo Troy, a sequência será avassaladora e trará tudo o que os fãs esperam e muito mais. Além de comentar sobre o jogo, o ator foi questionado sobre a série de TV produzida pela HBO e não poupou elogios a Crag Mazin (criador de Chernobyl) e Neil Druckman (diretor do jogo), os responsáveis por levar The Last of Us para outras mídias, além dos videogames.

"Sou um grande fã de Craig Mazin a algum tempo, não somente por causa de sua minissérie de maior sucesso (Chernobyl) que lhe rendeu vários Emmy's, mas por seu ótimo trabalho como escritor e roteirista. Um dia, eu comecei a segui-lo no Twitter e ele me seguiu de volta e então trocamos várias mensagens e ideias pelo chat".

Troy também comentou das experiências passadas, principalmente quando Neil Druckman estava trabalhando em uma adaptação cinematográfica do jogo com Sam Raimi em 2014, mas que foi cancelada logo depois.

"Lembro-me de quando Neil estava escrevendo o roteiro da adaptação cinematográfica e o questionei do porquê criar um filme de The Last of Us. Lembro dos desafios que enfrentou e ainda do que ele me disse na época: ainda existem muitas pessoas, que por algum motivo, não terão acesso a um controle para jogar este jogo. Acredito que a história de Joel e Ellie é importante de se contar".

"Sempre existiram muitas pessoas em Hollywood de olho no sucesso de The Last of Us e houve até ideias para transformar o jogo em adaptação cinematográfica, mas nunca estive convencido para tal coisa, mas estou empolgado para esta série de TV. Eu acho que episodicamente você pode contar com muito mais eficiência essa história, porque tentar condensar cerca de 20 horas de jogatina em 2 horas de filme é impossível".

Apesar de estar empolgado com a produção da série de TV, Troy ainda acredita que a melhor experiência é através do controle.

"No final das contas, a razão de ser um jogo é porque quando você vai do outono para o inverno, você vê aquele lindo coelho na neve e mata-o com uma flechada. E então você percebe pela primeira vez que Ellie está sozinha, parada ali e a manipula com o analógico. Isso é algo que não se pode traduzir em outro meio que não seja jogo. Nada será tão próximo dessa experiência, mas acredito que em uma série de TV podemos chegar perto. Podemos ter um tipo diferente de experiência para aqueles que não tem acesso ao controle de videogame".

The Last of Us: Part II será lançado em 19 de junho de 2020 para PlayStation 4, já a série de TV ainda não tem data de estreia definida.

Fonte: Fandom

é apreciador de games com conceito artístico minimalista e narrativas de significado profundo. Rayman, Ratchet & Clank, Crash Bandicoot, Celeste e The Last Campfire compõem sua longa lista de jogos favoritos.


Disqus
Facebook
Google