Top 10

Dez heróis do mundo dos games que já foram vilões

Eu sou mal e isso é bom. Nunca serei bom e isso não é mal... não, pera.


Desde o comecinho da história dos videogames, jogamos diversas aventuras que tratam moralidade como uma simples dualidade entre o bem e o mal, ignorando qualquer possível nuance entre os dois. Quase sempre temos um mocinho totalmente bom que precisa derrotar o vilão, que é a maldade encarnada, para resgatar uma princesa, salvar um reino ou qualquer coisa do tipo. Porém com o tempo surgiram muitos personagens para desafiar de vez esse modo simplista de ver o mundo.



Decididos a bagunçar essa dicotomia, muitos começaram no caminho do bem e foram corrompidos pela maldade. Outros podem ter feito coisas horríveis, mas decidiram que era a hora de um novo começo ao lado dos bonzinhos. Inspirados por eles, decidimos listar os maiores heróis dos jogos que algum dia já foram vilões.

10 - Byrne - The Legend of Zelda: Spirit Tracks (NDS)

De longe, Byrne é um dos vilões de Zelda com o design mais intimidador e também um dos menos conhecidos. Logo no começo de Spirit Tracks, ele encurrala Link a mando do Chanceler Cole. O poderoso ciborgue enfrenta Alfonzo – amigo e mentor de Link nesta jornada – para ganhar tempo para Cole, que retira o espírito de Zelda de seu corpo. Ao derrotar Alfonzo, ele leva o corpo gélido de Zelda enquanto o jovem Link apenas olha indefeso. Byrne aparece outras vezes na jornada, sempre atrapalhando Link, até que o herói finalmente o derrota num embate perto do final do jogo. Arrependido, ele ajuda Link e o fantasma de Zelda a localizarem o demônio-trem Malladus e é crucial para que o Herói dos Trens tenha uma chance de derrotá-lo para salvar New Hyrule


9 - Donkey Kong - Donkey Kong (NES)

Antes de ser o bom moço protetor da Donkey Kong Island e protagonista de sua própria trilogia de jogos na franquia Donkey Kong Country (SNES/WiiU), Donkey Kong era o gorila mais perigoso do mundo dos games. Em Donkey Kong, ele não apenas sequestrou Pauline, mas também destruiu grande parte de sua cidade antes de ser parado por um bigodudo até então misterioso – nosso amado Mario. O evento foi tão traumático para Pauline que em Super Mario Odyssey (Switch), a agora prefeita dá um festival para celebrar o dia em que ela foi salva do terrível vilão.



8 - Dr. Judith Mossman - Half Life 2 (Multi)

Dr. Judith Mossman gosta de viver a vida perigosamente. Não contente em ser uma simples agente dupla, ela era uma agente tripla. Ela se tornou uma parte importante da Resistência, onde trabalhou junto com Eli Vance em vários avanços científicos para a Resistência. Tentando proteger Eli, que já carrega muita culpa por erros do passado, Dr. Mossman trabalha em segredo para os Combine. Claro que as coisas não dão tão certo para ela, que acaba sendo traída pelos aliens. Eles levam Eli e sua filha, fazendo com que a Dr. Judith Mossman tenha que resgatá-los. Desde então ela se dedica completamente a aliança se tornando uma força poderosa na luta contra os Combine.

7 - Jeanne - Bayonetta 2 (Wii U/Switch)

Jeanne se mostra uma das melhores amigas de Cereza em Bayonetta 2. Elas vão às compras juntas, derrotam monstros juntas e passam até o Natal juntas. A amizade delas é tão forte que Bayonetta vai até os confins do Inferno para resgatar a alma da amiga. Em Bayonetta (Multi), entretanto, as coisas eram bem diferentes. Jeanne joga um avião em Cereza na primeira vez que elas se encontram. Desde então, elas lutam diversas vezes antes que Bayonetta consiga livrar Jeanne da lavagem cerebral que Balder, vilão do jogo, impôs sobre ela.  


6 - Birdie - Street Fighter V (PS4/PC)

Birdie é um ex-lutador de luta livre que já estreou em Street Fighter (Multi) como um notório criminoso. Ele enfrenta Ryu num torneio mundial e perde feio. Anos depois ele acaba se juntando a organização Shandaloo, em Street Fighter Alpha (Multi). Ele queria se tornar um membro respeitado da organização criminosa, mas acabou apenas sendo usado por M. Bison como cobaia de seus experimentos. Frustrado, ele deixa a Shandaloo e acaba sendo contratado por Karin, que o promete um estoque infinito de comida. Lutando por sua nova mestre, a quem ele jurou sua lealdade (lealdade a comida, na verdade), Birdie foi uma peça importante para impedir a operação Black Moon em Street Fighter V.


5 -Knuckles - Sonic & Knuckles (Mega Drive)

Em sua primeira aparição já deu para perceber como Knuckles era forte. Sonic corria numa velocidade tremenda como Super Sonic após juntar as Esmeraldas do Caos e foi parado por Knuckles com um só golpe. O marsupial então rouba as Esmeraldas de Sonic e os dois se enfrentam o resto do jogo. Apesar de não ser realmente mal, ele acaba sendo o antagonista de Sonic 3 (Mega Drive), apenas para voltar como aliado na expansão Sonic & Knuckles e permanecer ao lado do ouriço azul desde então.

4 - Miles Edgeworth - Ace Attorney (NDS/3DS)

Miles é um caso complicado. Em Phoenix Wright: Ace Attorney, Edgeworth era um promotor de justiça sem escrúpulos. Tudo que importa para ele é conseguir um veredito de culpado para o suspeito, sendo ele inocente ou não. Com isso, ele acaba prendendo muita gente inocente usando as táticas mais sórdidas possíveis. Ele só começa a mudar quando Phoenix Wright entra em seu caminho. A cada confronto nos tribunais, Edgeworth percebe que a verdade é mais importante que um veredito. Tudo culmina no caso final do primeiro game, onde ele está no papel de réu. Com seu futuro em jogo, Edgeworth vê seu próprio mentor tentando prendê-lo de qualquer jeito. Somando isso às revelações que surgem no próprio caso, ele começa a questionar tudo que acreditava e some por um tempo para retornar em outros jogos como uma pessoa disposta a defender o que é certo.

3 - John Marston - Red Dead Redemption (PS3/X360)

Olho por olho é uma lei muito frequente no velho oeste americano, assim como na vida de John Marston. O pistoleiro teve uma vida muito conturbada, marcada por um lar desfeito e um vida de crimes. Formou uma família entre os foras da lei do bando de Dutch Van der Linde, que lhe ensinaram a arte de sobreviver no mundo hostil. Entre roubos e tiroteios Marston se achava o justiceiro, tirando dos ricos, mas não esperava que a traição lhe batesse a porta. 

Após um assalto mal sucedido, foi largado a própria sorte pelos companheiros de crime. Saiu vivo e decidiu se aposentar, longe de tudo com sua esposa e filho, mas não demorou para a lei vir cobrar seus atos. Edgar Ross, um poderoso homem da lei ameaça John e sua família caso ele não o ajude. Por amor, ele volta pegar em armas e caça seus antigos parceiros de bandidagem, assim como outros atos afim de se redimir de seu passado. Apesar do rastro de sangue ser grande, isso não lavou seu nome, tendo um fim nada justo. Suas escolhas de vida nem sempre foram certas e o nosso herói não se mostrou altruísta em todos os momentos, mas John Marston foi sem dúvida uma vítima das circunstancias e teve uma história digna de ser jogada.

2 - Axel - Kingdom Hearts 2 (PS2)

Axel é um ardiloso membro da Organização XIII e desde sua primeira aparição em Kingdom Hearts: Chains of Memories (GBA) é impossível dizer o que esse cara tem em mente. No próprio Chain of Memories, Axel acaba funcionando como um agente duplo dentro da própria Organização XIII, trabalhando tanto para um grupo de desertores quanto para a Organização de fato. Apesar de ser um nobody, Axel mostra que tem bastante coração e faz de tudo para proteger seu amigo Roxas. Em Kingdom Hearts 2, ele começa o jogo com o objetivo de transformar o Sora em um heartless para restaurar seu amigo, mas acaba se tornando um poderoso aliado do usuário da keyblade no decorrer da história.

1 - Mario - Donkey Kong Jr. (NES)

Carcere privado, crueldade animal, abandono de incapaz... Essas são apenas algumas das crueldades que o monstruoso Mario foi capaz de realizar em Donkey Kong Jr. Como retaliação pelos eventos de Donkey Kong (NES), Mario continua a agir como um vigilante a beira da lei e prende o gorilão, sem nem se preocupar com o seu pequeno filhote órfão, Donkey Kong Jr.

Junior não se deixa intimidar pelas atrocidades cometidas por Mario e derrota o vilão, que acabou se tornando a figura mais famosa do mundo dos jogos. Junior por outro lado cai no eterno esquecimento, nunca mais protagonizando outro jogo. Ele ainda contou com umas pequenas aparições em jogos esportivos de Mario, mas com o tempo foi substituído por Diddy Kong.


E você, caro leitor, gostou da lista? Lembra de mais algum vilão que virou mocinho que não citamos? Não deixe de participar nos comentários!

Revisão: Link Beoulve
Gabriel Mattos escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook