Shadow of the Tomb Raider (Multi): Evolução de Lara e novas mecânicas

O que esperar da última história da origem de Lara Croft como exploradora.


Com o reinício da série Tomb Raider, Lara Croft se tornou mais humana, vulnerável e capaz de evoluir nas habilidades à medida que explora e enfrenta dificuldades em ambientes hostis e mercenários fortemente armados. E isso só fez aumentar o hype desde 2013 com o primeiro game da nova trilogia, que se encerra com Shadow of the Tomb Raider, com a protagonista atingindo todo seu potencial como exploradora.



Apesar da evolução da personagem, Lara fica sem saber como lidar com a culpa de um apocalipse “acidental” que ela mesma causou e deve evitar que se conclua. Some isso ao fato da vingança à Trindade, que retorna para deixar a situação mais catastrófica do que já se encontra. O jogo começa com motivações egoístas, mas à medida que você progride, suas motivações se tornam muito mais altruístas”, disse Daniel Bisson, Diretor de Criação da Eidos Montreal, produtora do game.



O game esteve disponível para demonstração para a imprensa, e segundo os jornalistas que testaram uma demo de 45 minutos, podemos esperar:

A América Latina como destino: Dois meses após Rise of the tomb Raider, Lara visita o México e o Peru na nova aventura, e tenta evitar um apocalipse maia causado por ela “sem querer” ao tomar um artefato antigo, fazendo Lara sentir o peso das suas decisões e que nem tudo gira em torno dela.

Perigos à espreita: Camuflagem com lama, esgueirar-se entre arbustos e evitar animais ferozes deixam o clima mais perigoso tanto para o jogador quanto para os inimigos que Lara enfrentar no ambiente da selva peruana, onde a maior parte do game irá se passar.



O retorno da Trindade: A organização inimiga jurada de Lara volta com mais um líder, o Dr. Dominguez, que deseja o apocalipse a fim de “limpar” o mundo da fraqueza e do pecado.

Mais tumbas e muita água: a exploração de tumbas ganha um número maior em quantidade e nos puzzles para se encarar, além de estarem mais mortais do que nunca, com armadilhas a um passo de serem evitadas para quem tiver muita atenção. E nadar fará parte da exploração delas, com um clima mais claustrofóbico e passando mais tempo submersa. Nadar também é a chave para encontrar caminhos alternativos no game.



Lara em seu ápice: A mudança da personagem fica mais clara nesta última parte da recriação da lenda Lara Croft. Sua confiança e instintos aumentaram as habilidades, e é fácil sentir essa mudança vendo uma Lara mais ágil na escalada, na natação, no combate armado e como uma predadora. Segundo o roteirista Jill Murray, Lara estará no auge de suas capacidades. "Neste jogo, ela tem que lidar com o que ela vai fazer com o poder, força e habilidade que ela tem", disse.

Shadow of the Tomb Raider chega este ano para PlayStation 4, Xbox One e PC em 14 de setembro, com edições Standart, de colecionador e a Croft Edition, com vários bônus como tumbas de desafio extras, armas, roupas e a trilha sonora original.


André Nascimento escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook