Perfil

Perfil: A família Seed de Far Cry 5 e sua loucura mascarada como fé

Carismáticos, violentos e cruéis, os Seed são vilões críveis que usam da fé das pessoas para tê-las onde querem.


Afinal, o que é fé? Fé é crer em algo sem ter nenhum tipo de manifestação física de sua existência. A fé, por si só, pode ser considerada algo inerente ao ser humano. Somos uma raça que, em momentos de dificuldade, sentimos a necessidade de se crer em algo. Se agarrar a uma crença e ter esperança de um futuro melhor. Em Far Cry 5 (Multi), a família de Joseph Seed e seu culto do Portão do Éden se espelham na realidade para nos mostrar sua fé. Conforme avançamos no jogo, vemos que a fé de todos os Seed nada mais é do que loucura e sadismo. Cegos pela verdade que criaram para si, disfarçam suas crueldades de fé e religiosidade, colocando o nome de Deus à frente de tudo. Vamos conhecer um pouco sobre os membros da família Seed. E atenção, à partir de agora, o texto conterá spoilers da história de Far Cry 5. Pare de ler agora se ainda tem interesse de jogar o game e descobrir certos detalhes por si só.


Joseph Seed, O Pai

Fundador e idealizador do Portão do Éden, Joseph Seed, também conhecido como o Pai, se considera um enviado de Deus incumbido da missão de salvar os cidadãos merecedores do Colapso, o fim do mundo. Passando por problemas familiares desde criança, Joseph “escutou” a voz de Deus em inúmeras ocasiões durante a vida. Encontrou paz ao se casar, mas voltou a sofrer quando sua esposa, grávida, faleceu devido a um acidente de carro. Acreditando cada vez mais na voz que dizia ouvir, ele iniciou seu caminho como “enviado de Deus” ao matar a filha, recém-nascida e sobrevivente do acidente, ao pressionar o tubo de oxigênio ligado a ela. “Deus dá, e Deus tira”.

Joseph se dedica então, através da violência e coerção, levar os cidadãos de Hope County a serem seguidores e fiéis do Portão do Éden. Mesmo apresentado como alguém que não deva ser contrariado, diversos momentos temos a impressão de que Joseph Seed é um homem de compaixão e misericordioso. Ele tem a capacidade de dar, mas quando decide tirar algo de alguém, o preço pago não costuma ser baixo.



John Seed, Arauto da expiação

Irmão mais novo de Joseph Seed, foi separado de sua família ainda muito novo e adotado por uma família extremamente religiosa que exigia que John confessasse seus pecados mesmo quando não havia nenhum a ser confessado. Não era incomum para John apanhar de seus pais até que se confessasse, tendo de lidar desde cedo com fanatismo religioso.

Hábil com as palavras e mestre em descobrir os segredos dos outros, John se tornou um advogado de sucesso e adquiriu uma pequena fortuna. Tornando-se um Arauto de Joseph Seed, John fica por conta da expiação, e visa limpar os cidadãos, tirando deles seus pecados de forma literal. Notoriamente sádico, ele tatua os pecados da pessoa em sua pele e os arranca em seguida, deixando-as limpas de todo e qualquer pecado que tenham cometido. Utilizando de sua habilidade oratória e a palavra “Sim”, ele manipula a mente dos cidadãos de Hope County, dizendo que sim, eles podem ser salvos, desde que digam “Sim” para a expiação. É responsável também pela aquisição de terras que sejam do interesse do Portão do Éden.



Faith Seed, A Sereia

Irmã adotiva de Joseph Seed e Arauto responsável pela região do Rio Henbane, em Hope County. Dizem que todos aqueles que percorrem o Rio Henbane são enfeitiçados por Faith, e deram a ela a alcunha de Sereia. Suas habilidades de manipulação vêm da Benção, um composto alucinógeno facilmente manipulado e usado por ela para causar ilusões em quem for afetado. Faith tem um histórico trágico, tendo passado sua adolescência isolada e encontrando conforto nas drogas. Não era bem tratada por seus pais, e é possível encontrar documentos e notas no jogo que indicam que tenha sofrido abuso e estupro em sua vida. Em um primeiro momento, Faith nos conta que o Portão do Éden a acolheu e a deu um caminho a seguir, um propósito para viver, e a limpou do vício das drogas. Mas em seu leito de morte, Faith diz que Joseph Seed a manipulou com a Benção e a ameaçou.



Jacob Seed, o Arauto militar

Jacob é um ex-militar e atirador do exército dos Estados Unidos. Irmão mais velho da família Seed, sempre foi visto como um escudo por seus irmãos mais novos, ao defendê-los até mesmo de seus pais. Seu instinto de proteção e habilidades militares lhe renderam a responsabilidade de ser o Arauto responsável pela segurança dos Seed e do culto, assim como pelo treinamento de novos soldados para o Portão do Éden. Tendo lutado no Iraque, Jacob teve seu batalhão emboscado pelo inimigo e acabou se separando de todos, junto com um outro soldado, Miller. Estavam há 200 quilômetros da base mais próxima, sem acesso a comida ou água. Perdidos e prestes a serem encontrados pelo inimigo, Jacob viu sua chance de sobreviver quando Miller não estava mais aguentando andar. Sucumbiu ao canibalismo do soldado em prol de sua sobrevivência, e foi então que entendeu que “os fracos possuem um propósito”.

Jacob Seed utiliza de condicionamento mental para controlar seus soldados e fazê-los obedecer todas as suas ordens. Através desse condicionamento mental e de manipulação, ele força seus soldados a se matarem, separando os fracos dos fortes.


A família Seed não é uma família comum, tendo sido reestruturada por Joseph Seed e embasada em uma visão deturpada sobre Deus e o caminho para chegar até Ele. Juntos, os Seed são um excelente grupo de vilões que brincam com a fé das pessoas, e tornam a história de Far Cry 5 algo cruel e interessante de se conhecer. Estavam dispostos a salvar a todos do Colapso, mas não perceberam que eles mesmo foram os responsáveis pelo fim do mundo ou, ao menos, pelo fim de Hope County.

Francisco Camilo é formado em Serviço Social pela PUC-MG e até hoje não entende a verdadeira razão de ter feito tal curso. Apaixonado pelo mundo dos jogos eletrônicos, tem em sua mente um futuro ideal cuja existência é incerta e o leva a questionar se o que imagina é parte de um sonho ou ilusão. Pode ser encontrado aqui principalmente em análises e buscando troféus na PlayStation Network.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook