Lançamento de Marvel Vs. Capcom: Infinite foi pior do que Ultra Street Fighter II no Reino Unido

Possível justificativa para o número baixo das vendas se dá no fato de elas estarem concentradas nos serviços on-line das plataformas.


Segundo Christopher Dring, editor do GameIndustry.biz, veículo responsável por contabilizar as vendas de software no Reino Unido, a versão remasterizada do Ultra Street Fighter II para o Switch vendeu mais na primeira semana do que Marvel Vs. Capcom: Infinite (multi) durante o mesmo período de tempo, no Reino Unido. A informação foi dada através de um tweet em resposta a um seguidor que perguntou a respeito.



No diálogo, o usuário Marco Presta questiona: "Olhando o desempenho fraco de MvC:I no Reino Unido, eu tenho uma pergunta (se você puder responder): USFII teve um lançamento melhor?".

Dring, por sua vez, responde: "Erm... Sim, teve! Mas, se formos fazer suposições, o serviço digital da Nintendo é bem mais fraco do que os do Xbox e PlayStation... Ainda", referindo-se ao fato de que tal fato pode ser dado por não serem consideradas as vendas virtuais dos consoles da Sony e Microsoft, na hora de fazer a comparação.

De acordo com o GFK Chart Track, outro órgão especializado em contabilizar as vendas no Reino Unido, Marvel Vs. Capcom: Infinite aparece apenas como décimo sexto colocado na lista de mais vendidos, atrás de Destiny 2, Pokkén Tournament DX e, até mesmo, Mario + Rabbids Kingdom Battle.


João Pedro Boaventura é jornalista formado pelo Mackenzie e está quase terminando sua pós-graduação para poder ser chamado de especialista em teoria da comunicação (como se isso significasse alguma coisa). Aficionado por conceitos teóricos, não vai perder uma oportunidade de usá-los para delimitar se algo é ou não um jogo. Se você realmente gosta das groselhas que ele escreve, pode ler mais um pouco de suas asneiras em seu blog particular, onde utiliza suas presas para destilar seu veneno e não deixar o ódio dentro de si morrer.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook