#StreetFighter30thAnniversary: Street Fighter em episódios, as séries do Machinima

Trabalho de fãs britânicos vira websérie do Machinima.

Os mesmos criadores do amado curta-metragem Street Fighter: Legacy (Joey Ansah, Owen Trevor, 2010), os fãs ingleses Joey Ansah e Christian Howard, retornam ao espaço televisivo e cinematográfico com duas webséries da saga Street Fighter lançadas oficialmente no canal do Machinima no Youtube.

Do Kickstarter para o Machinima

Depois do sucesso de Street Fighter: Legacy, um filme que começou com o orçamento de 100 dólares, um produtor que morava na rua, e amigos com equipamentos emprestados, o coreógrafo de combates e cineasta Joey Ansah e seu amigo roteirista e lutador Christian Howard iniciaram uma campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter para custear o novo projeto, a série Street Fighter: Punho Assassino (Joey Ansah, 2014).


O trabalho respeitável da dupla rendeu investidores que apostaram na nova ideia e logo a campanha no Kickstarter foi cancelada para dar lugar a uma websérie exclusiva para o Machinima, autorizada e divulgada pela própria Capcom. Composta por uma temporada de 12 episódios, Street Fighter: Punho Assassino foi aclamada por críticos e fãs como a melhor adaptação de Street Fighter de todos os tempos.

A história de Street Fighter: Punho Assassino se concentra em Ryu e Ken. Quando a dupla de amigos descobre o passado de seu mestre Gouken, eles aprendem os segredos da Ansatsuken, a arte das trevas. O êxito online da série a fez ter lançamento global em home video em DVD e Blu-ray, distribuída no Brasil pela Flashstar.


Material de Street Fighter V

O lançamento do jogo de luta Street Fighter V (PS4/PC), da Capcom e Dimps, em 2016 trouxe uma nova oportunidade para os fãs britânicos mostrarem seu talento. Após duas obras fílmicas bem-sucedidas, Ansah e Howard ficaram responsáveis pelo material adicional de Street Fighter V, a websérie Street Fighter: Resurrection (Joey Ansah, 2016).

No formato de minissérie de quatro episódios, Street Fighter: Resurrection foi lançada com exclusividade pelo Machinima no serviço de streaming go90, da Verizon. No mesmo ano, a websérie também foi publicada no canal do Machinima no Youtube. A produção narra a história do retorno de Charlie Nash e cabe a Ryu e Ken descobrir se ele é um aliado ou inimigo.


Assim como as obras audiovisuais anteriores, Street Fighter: Resurrection foi muito bem recebido por fãs e críticos, estabelecendo os britânicos Joey Ansah e Christian Howard como porta-vozes de Street Fighter no mundo do live action.

Revisão: João Paulo Benevides
Karen K. Kremer é mestre jedi em história pela UEPG e game designer pela Universidade Positivo. Viajante do tempo e cinéfila, considera Quantum Break uma obra-prima. Cresceu fazendo Meteoro de Pégasos e jogando videogame. Apaixonada por literatura, ilustração e dinossauros. Diz a lenda que com um bat-sinal no Twitter ou DeviantArt ela aparece.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook