Jogatina de FDS

O que estamos jogando: Xenoblade Chronicles 3D, Crash Bandicoot, Valkyria Revolution e mais

Confira o que a equipe do site jogará no final de semana.

Mais um final de semana pintando na área! Dois dias mágicos para relaxar e jogar algumas coisas que não tivemos tempo durante a semana. Desta forma, perguntamos para a nossa equipe: o que vocês irão jogar neste final de semana?


Ana Krishna Peixoto

No embalo dos jogos mobile

Na semana passada eu comentei que passaria o meu final de semana experimentando o recém lançado South Park Phone Destroyer (Android/iOS). Neste final de semana, me manterei sob domínio do universo mobile, até pela falta de tempo para me dedicar a algo maior mesmo. O título escolhido da vez é o Star Wars: Galaxy of Heroes (Android/iOS). Como amante da franquia Star Wars, tenho me divertido bastante com ele e poder jogar apenas por alguns minutos e voltar depois é ótimo e extremamente necessário neste momento. Nas pequenas pausas para distrações, estarei representando muito bem o Lado Negro da força.

Nivaldo Cavalcante 

Diversão cheia de ação e puzzle!

Nesse final de semana farei diferente! Como não terei muito tempo para ficar frente à TV, devido ao Anime Friends 2017,  escolhi dois títulos de bolso para jogar. O primeiro é Xenoblade Chronicles 3D, que traz uma versão especial otimizada para o New Nintendo 3DS, de um grande clássico que eu já joguei lá na época do Wii. O RPG da Monolith traz ao portátil o mesmo mundo vasto que já conhecemos, e isso foi até surpreendente, mesmo que, graficamente falando, tenha ficado um pouco menos belo que a versão maior. No entanto, as batalhas e os inimigos estão presentes, e são inúmeros. É uma versão que todos deveriam jogar! Em segundo lugar, ficarei com Puzzle & Dragons Z + Puzzle & Dragons Super Mario Bros. Edition. São dois títulos em apenas um cartuchinho que trazem os famosos joguinhos das bolinhas coloridas, onde a mecânica pode parecer básica, mas há elementos bastantes complexos, como combos e certos movimentos especiais a serem alcançados. Como o próprio nome já diz, um deles traz os personagens do universo do Super Mario e torna as batalhas empolgantes mas ao mesmo tempo nostálgicas, ao apresentar inimigos conhecidos desde os primeiros games do encanador.

Alexandre Galvão

Tirando o atraso de várias maneiras

Continuando os trabalhos da última semana, continuarei minha sessão nostálgica na remasterização da trilogia do marsupial em Crash Bandicoot N. Sane Trilogy (PS4). Mas como todo bom gamer, sempre tem algum, ou alguns… tá, vários jogos que a gente acaba deixando pra trás, inacabados. Sendo assim, chega a hora de voltar em jogos que ficaram com assuntos pendentes pra resolver e o selecionado desta vez é Wolfenstein: The New Order (Multi). Uma oportunidade boa, pois o novo foi anunciado na edição deste ano da E3 e já fico pronto para a sequência que chega no fim deste ano para consoles e PC.

Francisco Camilo

Em busca da liberação de Europa

Neste fim de semana estarei imerso na revolução de Jutland contra o império de Ruz pela liberação do continente de Europa em Valkyria Revolution (Multi). O game me traz sensações mistas. Ao mesmo tempo que possui algumas falhas bobas, como um protagonista demasiadamente estereotipado (o típico "caladão mas poderoso"), ou mesmo a qualidade fraca de suas animações e efeitos de batalhas, o game ainda consegue me prender com seu sistema de evolução, possuindo os níveis convencionais ganhos com experiência, e um sistema de compra de atributos muito semelhante ao sistema de esferas de Final Fantasy X. A história não é exatamente a melhor coisa do game, principalmente por não dar um pano de fundo para diversos personagens secundários, mas consegue agradar de maneira satisfatória.

Ivanir Ignacchitti

Todos os caminhos levam a Fate

Assim como na semana passada, devo dedicar parte do meu tempo a Fate/Grand Order (Android/iOS). Na história principal, que se mostrou interessante até o momento apesar dos vários erros de escrita, cheguei em Septem (terra de Nero), mas é provável que eu dê uma parada nela para melhor aproveitar as quests diárias que estão atualmente com gasto de AP reduzido. Mas considerando que meus servos principais (que incluem Martha, Emiya, Cú Chulainn e Tamamo Cat) estão em níveis bastante altos (o máximo que o nível de ascensão deles permite), é possível que eu não me esforce muito.
Também avanço gradualmente em Fate/Stay Night –Realta Nua– (Multi). Acabei de chegar em um ponto em que Shirou começa a aprender a controlar seus circuitos mágicos. Ainda há muita história pela frente, mesmo se eu considerasse apenas a rota Fate. Já em Fate/Extra (PSP) estou próximo dos momentos finais. Apenas três semanas faltam para completar a rota Rin com meu Archer.

E você, caro leitor, o que irá jogar durante os próximos dias? Compartilhe com a gente nos comentários!
Ana Krishna Peixoto é formanda em Ciências Econômicas pela UERJ. No Blast, é redatora e revisora. Suas paixões são os esportes (sobretudo o futebol e o jiu-jitsu), os livros, a escrita e os videogames. Fã de PlayStation, não nega sua queda pela Nintendo. Pode ser encontrada no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook