Hands-on

E3 2017 — Ni No Kuni II: The Revenant Kingdom (PS4/PC)

Testamos a sequência do aclamado jogo da Level-5 direto da E3 2017.

Seis anos após o lançamento de Ni No Kuni: Wrath of the White Witch, e quatro depois da localização do jogo para o ocidente, nós nós aproximamos do lançamento de Ni No Kuni II: The Revenant Kingdom, que ocorrerá no dia dez de novembro de 2017, para PS4 e desta vez também para PC.

O jogo nos transporta para dentro do universo fantástico do Studio Ghibli. Ni No Kuni 2 se revela como uma evolução orgânica e natural do primeiro título, com grandes mudanças. Uma dessas é a alteração no estilo artístico enquanto andamos pelo mundo aberto. Na aventura de Oliver e seus companheiros, todo o jogo apresentava o mesmo padrão visual, fosse nas cutscenes, batalhas ou nos momentos de exploração, desta vez, enquanto caminhamos pelo mundo aberto os personagens possuem um visual "chibi ", enquanto o cenário a sua volta aparenta ter um tom realista, porém nas cenas de animação e durante todo o resto do jogo predomina o habitual cel shading.


Outra mudança  que o título sofreu em sua edição mais recente diz respeito ao novo sistema de batalha, que modifica sua principal mecânica. Os familiares do primeiro game, criaturas semelhantes aos pokémon que nos acompanhavam ao longo de nossa jornada, deram lugar a diversas outras criaturas menores, porém cada uma representando um tipo, algo mais próximo dos pikmin, até o momento não está muito claro quem são essa criaturas e o modo como aparecerão na história. Um ponto positivo é que os confrontos ficaram muito mais dinâmicos, o personagem que controlamos está muito mais ágil e todo o combate ficou mais fluido.

Durante a feira pudemos enfrentar um dos chefes do jogo, uma gigante criatura que se assemelha a um dragão, e com uma capacidade incrível de causar danos. O combate possui dificuldade moderada e a batalha dura cerca de dez minutos, ela é perfeita para termos uma ideia da evolução entre os títulos. O estande onde o jogo se encontrava disponível ostentava várias placas de diversos portais de entretenimento que nomeavam Ni No Kuni 2 como eleito a um dos melhores jogos presentes na feira. Enquanto jogávamos, não paravam de chegar mais dessas nomeações.


Dentro de poucos meses Ni No Kuni 2 estará disponível para o público final e poderemos explorar e desvendar toda a história deste título de peso, com o selo de qualidade de um dos maiores estúdios de animação do mundo. Certamente, The Revenant Kingdom será lembrado como um dos melhores RPGs de 2017.

Revisão: Pedro Vicente
Italo Lourenço escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook