Diário de bordo E3 2017: Nintendo Spotlight e o início da E3

Com o último evento pré-E3 e o início da feira, nos animamos para começar a testar os jogos e novidades.

Finalmente chegou o tão aguardado dia da feira. Nos programamos para sairmos bem cedo do hotel e assistir a conferência da Nintendo no próprio convention center. Chegamos ao local por volta de trinta minutos antes da apresentação ter início. Nos encaminhamos para a sala de imprensa e assistimos ao Spotlight por streaming em um dos computadores oferecidos.

Logo no início da conferência fomos surpreendidos com a aparição de Rocket League no switch. A simples menção de um Pokémon RPG para o console e um breve teaser de Metroid Prime 4 foi o suficiente para agradar diversas pessoas ao nosso redor. Kirby e Yoshi também estiveram presentes. Assim que terminou o Spotlight já fomos esperar as portas se abrirem. Mal sabíamos que, enquanto esperávamos, anunciariam outro Metroid e um Mario e Luigi para 3DS.


As portas que davam acesso aos booths foram abertas cerca de dez minutos antes do previsto, dando início a correria, correria esta que durou até todos entrarem no salão, após isso foi impossível transitar com facilidade pelos corredores. Caso você quisesse experimentar dez minutos de Mario Odyssey, levaria pelo menos duas horas na fila. Jogos como Arms e Pokkén já eram mais acessíveis.

Assim que chegamos na ala norte, onde se encontravam empresas como Microsoft, Capcom e Ubisoft, a situação parecia ser ainda pior, caso não houvesse horário marcado com alguma desenvolvedora para testar seus jogos, seria necessário passar horas nas filas e quanto mais horas se passavam esperando, menos jogos poderiam ser testados. A situação só foi melhorar ao fim do dia. Somente durante a última hora pudemos transitar com mais facilidade pelos corredores e pelo menos conferir a caracterização de boa parte dos estandes.


Agora, no segundo dia da feira, contaremos com duas horas a mais de E3, pois as portas se abrirão às dez. Isso renova nossas esperança de por as mãos em um número maior de jogos. Com tantos títulos importantes a caminho, a parte difícil é escolher aqueles que não poderão ser testados. De qualquer forma, deixamos abaixo algumas imagens desse intenso dia de E3.






Italo Lourenço escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook