Item Box

Final Fantasy XV (PS4/XBO)— Regalia, o quarto companheiro de Noctis

Final Fantasy XV (PS4/XBO) possui um belo cenário e viajando em nosso carro podemos apreciá-lo ainda mais.

Regalia, o aclamado veículo usado em Final Fantasy XV (PS4/XBO) por Noctis e seus companheiros, nos permite viajar pelo grande mundo de Eos enquanto observamos um cenário muito bem trabalhado e relaxante. Contando ainda com a função de ouvir música, conseguimos mergulhar no jogo e nos sentir parte dessa viagem.

Regalia e o Rei Regis

Regalia foi o carro usado pelo pai de Noctis, Rei Regis, enquanto ele viajou pelo mundo com seus companheiros durante sua juventude. O carro, que agora acompanha o jovem príncipe, é uma metáfora para a ligação entre pai e filho, estando sempre presente para ajudar e preservar a viagem do grupo. Isso fica comprovado quando ela quebra guiando o grupo para fora do perigo e Noctis agradece seu pai.


O diretor do jogo, Hajime Tabata, também declarou que o carro é um companheiro do grupo, assim como todas as aeronaves presentes nos títulos anteriores. E que ele também simboliza a liberdade que o jogo te dá desde o início para percorrer um mundo aberto. O carro também possui cinco missões secundárias dadas por Cindy Aurum, a mecânica que ajuda o grupo e cuida do Regalia, lhe dando assim melhorias.

Pé na estrada e no céu

O carrão usado pelo protagonista porém não é o foco principal, já que a jogabilidade com ele é um pouco dura e difícil de controlar: o carro não pode sair da estrada e qualquer impacto de batida o deixa bem destruído. Uma possível atualização que permitirá levar o regalia Off-road pode estar a caminho.



Mas o que torna o regalia único e marcante é o fato dele poder voar. Após ter completado o jogo, se quisermos pegar algo deixado para trás, ou matar monstros, ao carregar nosso jogo salvo somos surpreendidos com essa recompensa. Os controles enquanto o carro está voando ficam mais maleáveis, mas a aterrissagem fica presa às estradas, o que pode ser um pouco chato para alguns.


Porém, o carro possui um piloto automático, onde colocamos Ignis, um dos companheiros de Noctis, dirigindo o veículo enquanto aproveitamos a paisagem que é incrivelmente bem detalhada. O veículo possui também um cavalo de pau com o apertar de um botão, que nos permite trocar de pistas enquanto dirigimos. Hajime Tabata disse ainda que ele queria mostrar no jogo “o orgulho que as crianças japonesas têm do carro de seus pais”.

O Ilustre Regalia

O design na coloração preta do carro parece ter sido inspirado nos carros Cadillac Ciel e Maybach Exelero, possuindo quatro assentos e um teto conversível, mas o diretor Hajime Tabata disse se inspirar nos modelos de fabricação alemã e em alguns britânicos. O carro pode ser customizado, alterando detalhes como sua pintura e decalques.


O design inicial do Regalia mostrava um carro super realista, porém esse design foi modificado para mostrar um carro mais moderno e que se encaixasse melhor à um rei. Inicialmente o volante do carro ia ficar do lado direito, mas após uma discussão eles resolveram mantê-lo do lado esquerdo para não causar certa estranheza nos jogadores.

Para sempre Regalia

Um veículo que guia o grupo de heróis pelo mapa não é exatamente uma novidade na franquia Final Fantasy. Ela já nos mostrou naves, dirigíveis e até os mascotes chocobos, aves amarelas que, em Final Fantasy, funcionam como montarias. Porém, a aparição de um carro tradicional e customizável é uma novidade.

Após dez anos de espera o Regalia fez sua aparição para os jogadores. Já sabíamos que a Square Enix planejava uma viagem de carro pelo mundo do jogo e a promessa deles foi cumprida. Regalia ajudou nessa grande viagem auxiliando o grupo de heróis e fez com que nos sentíssemos em uma viagem pela estrada assim como na vida real.

O que acharam? Regalia conseguiu proporcionar esses momentos a vocês? Deem sua opinião.

Revisão: Pedro Vicente 

Antonio Stark escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
0
Disqus
Facebook