Top 10

Animais fantásticos e quais games habitam

Relembre quais criaturas do universo de Harry Potter já marcaram presença no mundo dos videogames.



Após cinco anos longe das salas de cinema, o universo mágico de Harry Potter volta às telonas com a estreia de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”. O longa-metragem conta a história de Newt Scamander, autor do livro que leva o mesmo nome do filme e que faz parte da lista de materiais de Hogwarts. O protagonista é um magizoologista, tipo de bruxo que estuda criaturas que têm características incomuns e são desconhecidas dos trouxas.


Grande parte desses seres incríveis vem das mitologias de diferentes povos espalhados pelo mundo. Como não são criações da autora J.K. Rowling, os animais já marcaram presença em diversas outras obras, como os videogames. Neste Top 10 iremos relembrar as criaturas catalogadas por Scamander que, de alguma forma, também apareceram nas jogatinas eletrônicas.

10 – Dragões

Os dragões são os seres fantásticos mais famosos e conhecidos. Presentes nas mitologias de povos que habitavam a Europa e Ásia, as criaturas são descritas de maneira diferente conforme sua origem. Os dos chineses, por exemplo, se parecem com serpentes voadoras e fazem parte do grupo de animais convocados por Deus para criar o mundo. Já os dos ocidentais lembram gigantescos lagartos com asas e que cospem fogo.

Bastante explorados pelos games, poderíamos fazer uma lista somente com dragões. Mas aqui, vamos relembrar apenas alguns que foram bastante marcantes. Começando por The Elder Scrolls V: Skyrim e seu enorme mundo aberto habitado pelos monstruosos lagartões alados. Outro dragão importante é Rathalos, o rei dos céus da série Monster Hunter. Mais um dessa categoria que merece ser lembrado é Bahamut, que pode ser invocado em diferentes capítulos da franquia Final Fantasy.
Rathalos, o rei dos céus

09 – Fênix

A fênix é uma ave que entra em autocombustão quando morre e volta a renascer de suas próprias cinzas. Com origem na mitologia grega, o pássaro é capaz de transportar cargas pesadíssimas, como elefantes. Em Harry Potter, o diretor de Hogwarts, Alvo Dumbledore, tem uma fênix de estimação. Segundo os gregos, a ave vivia exatamente 500 anos até o momento em que começava a pegar fogo. Devido seu poder de voltar dos mortos, o pássaro é usado até os dias de hoje como símbolo da imortalidade.

Se a fênix é relacionada com a vida eterna, nada melhor do que colocar o nome da ave nos itens que ressuscitam nossos personagens em jogos do gênero RPG. Será que você consegue se lembrar de quantas vezes foi salvo por um Phoenix Down enquanto se aventurava por Final Fantasy?
Muito obrigado, Phoenix Down!

08 – Hipogrifo

O hipogrifo é uma mistura de égua com grifo, animal com corpo de leão e asas de águia. Os primeiros registros dessa criatura vêm de poemas italianos escritos durante a Idade Média. Relatos dão conta de que a criatura teve origem no ditado ‘to mate griffins with horses’ (acasalar grifos com cavalos), o que significa o mesmo que ‘quando as galinhas tiverem dentes’.

O animal é um miniboss do game Demon's Crest, lançado para Super Nintendo, e também o chefe da área da Capela Real de Castlevania: Symphony of the Night, título do PlayStation. Também podemos considerar que Trico, a criatura gigante que protagonizará The Last Guardian (PS4), é um membro da família dos hipogrifos.
Trico, um dos protagonistas de The Last Guardian

07 – Kappa

O kappa é um demônio aquático japonês que pode ser tanto bondoso quanto malvado em relação aos humanos. O animal se parece com macacos escamosos do tamanho de uma criança de dez anos e com cabelo caindo entre os olhos. No terceiro ano de Harry Potter em Hogwarts, o bruxinho assiste a aulas de Remo Lupin sobre esse tipo de ser. A lenda diz que para se proteger de um kappa é preciso cumprimentá-lo muitas vezes, curvando a cabeça. Assim, o monstrinho vai repetir o gesto em resposta e derramará todo o líquido que tem na cabeça e que lhe dá poderes e força. Com isso, o animal tem que voltar rapidamente para seu lar aquático.

Como faz parte da mitologia nipônica, os kappas aparecem bastante em jogos da Nintendo. O Pokémon Lombre teve sua criação inspirada nas histórias desses demônios subaquáticos. Porém, a aparição mais notável dessa criatura acontece nos games do mascote da Big N. Vai dizer que ao ler kappa você não se lembrou do nome do sequestrador de Peach? Sim, Bowser tem características vindas das histórias dos kappas, não é a toa que no Japão ele também é conhecido como Koopa.
Lombre é inspirado nos kappas

06 – Leprechaun

Figura do folclore irlandês, o leprechaun é um homenzinho barbudo que vive vestido de verde e está sempre ocupado em proteger seu pote de ouro. Eles são conhecidos pelo bom-humor e a lenda diz que se você conseguir capturar e aprisionar uma dessas criaturas ela lhe levará até onde seus tesouros estão guardados. Não é a toa que em Harry Potter alguns leprechaun podem ser vistos trabalhando no banco de Gringotes.

O leprechaun já estrelou seu próprio game, um arcade lançado em 1982. Pouco conhecido no Brasil, o jogo consiste em controlar um personagem que está na floresta buscando as riquezas do homenzinho. Conforme o tesouro é coletado, a criatura vai ficando mais rápida e tenta te capturar de qualquer maneira. Atualmente, as máquinas do título Leprechaun valem mais dinheiro do que muitos potes de ouro, afinal, em todo o mundo só existem quatro funcionando perfeitamente.
Essa máquina vale muito ouro atualmente

05 – Acromântula

Aragogue, o grande amigo de Hagrid, é uma acromântula, aranha gigante que possui o dom da fala. A criatura também tem origem na mitologia grega. A história conta que uma moça chamada Aracne desafiou Atena, afirmando que bordava melhor do que a deusa. Furiosa, Atena transformou Aracne em uma aranha como punição.

O aracnídeo monstruoso já atrapalhou bastante a vida de Link. Apesar de não possuir a capacidade de falar com os humanos, a versão de Ocarina of Time de Gohma pode ser considerada uma acromântula, afinal, Scamander escreve que outras características são as pernas que têm envergadura que pode abranger até quatro metros e meio, além de pinças que produzem um estalido distinto quando ela se excita ou se irrita. O livro destaca ainda que a  fêmea é maior do que o macho e pode pôr até cem ovos de cada vez, que são macios, brancos e do tamanho de uma bola inflável.
Gohma que apareceu na tech demo do Wii U lembra as acromântulas

04 – Basilisco

A terrível criatura que habita a Câmara Secreta é conhecida como o rei das serpentes. Já aparecia na Grécia antiga e em relatos da cultura viking. Na maioria das histórias, o animal nasce de um ovo de galinha chocado por um sapo. Qualquer ser vivo que o encare diretamente nos olhos acaba morrendo.

O basilisco aparece bastante nos videogames, começando por Final Fantasy, em que o monstro é um dos inimigos recorrentes da série. Em Castlevania: Aria of Sorrow, lançado para Game Boy Advance, o monstro é um galo com cauda de serpente e olhar que te transforma em pedra. Já em God of War: Chains of Olympus (PSP), o basilisco é uma criatura enviada pelo rei persa para destruir a região da Attica.
O basilisco de God of War

03 – Centauro

Na mitologia grega, os centauros são criaturas com cabeça, braços e dorso de um ser humano e corpo e pernas de cavalo. Sábios e fortes, os animais acabaram expulsos da Grécia e obrigados a morar nas montanhas de Tessália. A lenda diz que foram praticamente extintos por Hércules.

Entretanto, parece que um deles sobreviveu e entrou para o time de combatentes de Mortal Kombat. Motaro serve ao imperador Shao Kahn e carrega profundo ódio por Goro, Kintaro e Sheeva, que fazem parte da raça shokan e tratam os centauros como seres inferiores.
Hércules, sobrou um aqui

02 – Quimera

A quimera é um monstro grego raro com cabeça de leão, corpo de bode e rabo de dragão. Feroz e sanguinária, é extremamente perigosa. Outras lendas descrevem a criatura como um animal com cabeça e corpo de leão, além de outras duas cabeças anexas, uma de cabra e outra de dragão.

No RPG Dragon's Dogma, lançado para PlayStation 3, Xbox 360 e PC, a quimera é uma das criaturas que precisam ser enfrentadas e derrotadas. Já na série Resistance, o vírus que assolou a raça humana foi batizado de quimera.
Quimera de Dragon's Dogma

01 – Cérbero

O cachorrinho Fofo de Hagrid nada mais é do que um cérbero. Segundo a mitologia grega, o cão de três cabeças era usado por Hades para guardar os portões do mundo inferior, o reino subterrâneo dos mortos. O animal era responsável por deixar somente as almas entrarem nos domínios de Hades, se algum mortal tentasse enganá-lo era dilacerado.

O cérbero tem presença quase que garantida em qualquer game que tenha a mitologia grega como plano de fundo. No nosso ranking, destacamos a série God of War, em que o cachorro é um dos inimigos que mais atormentam a vida de Kratos. Uma curiosidade é que nas lendas da antiguidade havia somente um cérbero, já nos games do Fantasma de Esparta eles aparecem em grandes quantidades.
Pode vir monstro

E você, caro leitor, se lembra de algum jogo em que esses animais fantásticos aparecem? Ou ainda, há alguma outra criatura do universo de Harry Potter que também está presente nos jogos e não mencionamos por aqui?

Revisão: Ana Krishna Peixoto
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais