League of Legends (PC): História sendo feita e surpresas marcam os primeiros dias de mundial

Grupos embolados, vitória e derrotas inesperadas marcam os primeiros quatro dias de torneio.



O evento do ano finalmente começou! Com os grupos separados e horários definidos, agora é apenas uma questão de tempo para ver uma partida de seu time do coração. Caso você não tenha conseguido assistir às partidas, aqui está um resumo dos quatro primeiros dias do mundial:

Dia 1

G2 Esports X CLG: Um jogo com um resultado positivo para os europeus era esperado, mas ninguém contava com o que aconteceu. A G2 começou bem pegando o first blood, que ficou para o top “Expect”, porém, o resto do jogo foi um completo e total baile para o time americano, com uma atuação bem forte do jungler Xmithie e seu Olaf.

ROX Tigers X Albus NoX: Infelizmente, os russos da Albus pegaram os favoritos para o título no seu primeiro jogo de mundial. Mesmo com um começo de jogo muito favorável para o time da Albus, os coreanos conseguiram virar o jogo e conseguir a vitória. Mesmo com a vantagem grande, porém, a inteligência em rotações pesou para os russos.

H2K X ahq e-Sports: Um jogo muito turbulento e confuso. O time europeu conseguiu uma vantagem no começo, mas não fizeram proveito dela. Diferente da h2k, a ahq quando conseguiu uma vantagem a aproveitou e conseguiu finalizar o jogo.

INTZ X Edward Gaming: Fenomenal, absurda, não existem palavras para descrever a atuação brasileira nesse confronto! O que era considerado impossível para a maioria aconteceu: a campeã chinesa sucumbiu perante o time do Brasil. Com uma atuação incrível de Yang e Revolta, os brasileiros conseguiram dominar um dos times favoritos para o título, marco histórico para times de wildcard.

Samsung Galaxy X Splyce: Mesmo sendo um jogo bem apertado e com uma ótima atuação do mid laner europeu Sencux, o Viktor de Crown e sua equipe conseguiram vencer o jogo depois de lutas seguidas de lutas e um começo meio conturbado.

TSM X Royal Never Give Up: Com o primeiro jogo cancelado devido ao bug com o personagem Aurelion Sol, a partida foi refeita, e novos picks, também. Com um começo favorável ao time americano graças a uma atuação fantástica de Svenskeren com seu Lee Sin, o jogo parecia que ia ficar para o TSM/ a luta, porém, era drasticamente melhor para a China, e, mesmo estando atrás, a Royal consegue virar o jogo, dominar o final e ficar com a vitória.
INTZ ganha da campeã chinesa!

Dia 2

SK Telecom T1 X Cloud9: Um passeio do time coreano em cima da Cloud9. Com um foco grande na mid lane, Jensen não conseguiu jogar e acabou causando muita vantagem para faker. Além dele, toda a SKT conseguiu emplacar seu jogo, não dando chance para o time norte-americano que acabou perdendo.

Flash Wolves X I May: Uma partida bem bagunçada entre as duas equipes, mostrando algumas falhas de comunicação por parte da equipe chinesa. Apesar de bem bagunçada e muito extensa, a vantagem a cada momento estava com uma equipe. Foi a I May, porém, que acabou ficando com a vitória depois de quarenta minutos de jogo.

TSM X Samsung Galaxy: Exatamente igual ao jogo contra a Royal, o começo da partida da TSM com o Lee do Svenskeren foi fenomenal; dessa vez, porém, não foi apenas o começo. Tendo uma atuação impecável e dominando o time coreano em todas as partes de jogo, os americanos conseguem sair vitoriosos e com extenso apoio da torcida que, esbanjando ânimo, gritava o nome do time a cada boa jogada feita. O jogo acabou com um placar de abates de 18-1 para a TSM.

Royal Never Give Up X Splyce: Mais um jogo, e a Europa continua com uma má atuação no mundial — este foi, do começo ao fim, um completo passeio por parte do time chinês. A Splyce tentou e conseguiu apenas poucos abates no começo, mas, depois disso, a Royal destruiu completamente o time europeu. Com um placar final de 19 a 3, a China cravou sua vitória com um quadra kill do AD Uzi.

H2K X INTZ: Mesmo vindo de um primeiro dia espetacular, o time brasileiro não conseguiu repetir o feito e perdeu para a H2K, dando a primeira vitória do time e do continente europeu até essa partida. Os brasileiros foram pressionados em todos os momentos do jogo, então, a vitória foi se encaminhando pouco a pouco para a Europa. No final, a H2K marcou um 12-1 e acabou ficando com a vitória.

Edward Gaming X ahq e-Sports Club: Um começo confuso e turbulento junto com a onipresença de Clearlove com seu Hecarim. No meio do jogo, a situação ficou parelha, mas, com o passar dos minutos, a EDG acabou retomando o comando. No final da partida, o time chinês dominou totalmente a Ahq, conseguindo a vitória.

Dia 3

Albus NoX X CLG: Outra surpresa! Com um começo de jogo apertado e com uma vantagem que cada hora estava com um time, a equipe russa conseguiu uma boa luta contra a CLG depois de dois barões, ganhando o jogo. Mesmo com uma ótima atuação do AD Stixxay, os americanos não conseguiram vencer e acabaram dando outra vitória para um time de wildcard.

ROX Tigers X G2 Esports: Mesmo após um começo ótimo para a equipe europeia, a partida não estava totalmente definida. Lutas eram travadas, torres da ROX caiam e, depois de uma luta completamente favorável para a G2, o time coreano ainda conseguiu roubar o barão que os europeus estavam realizando. Mesmo após isso, uma pessoa definiu o fim dessa partida: Smeb. No momento certo, utilizou seu ultimate com seu kennen que acabou ganhando a luta praticamente sozinho. Após isso, os coreanos apenas administraram a vantagem e acabaram ficando com a vitória.

Flash Wolves X Cloud9: Com um começo apertado para o time seed 1 de Taiwan, a presença do jungler Karsa foi crucial para a fortificação da equipe em si que mesmo estando na frente em ouro, o jogo acabou se estendendo bastante. A atuação de Impact com seu kennen foi absurda e, mesmo após dois barões e um dragão ancião da Flash Wolves, o time norte-americano conseguiu manter a partida. No terceiro barão, C9 conseguiu roubá-lo com uma ultmiate da Orianna do Jensen e, após mais minutos de jogo, os norte-americanos, animados pela torcida que os apoiava, fizeram o barão e o dragão ancião. Aos setenta minutos, o jogo acabou com a vitória para Cloud9, levando São Francisco a loucura. Esse jogo foi o mais longo até essa partida do mundial e, também, teve recordes quebrados. Jensen quebrou o recorde de farm estabelecido em 2014.

SKT Telecom T1 X I May: Coreia e China nutrem uma rivalidade já faz um tempo, de modo que é sempre interessante um jogo entre os dois países. Mesmo com dois abates no começo para o Ryze do Beame, a SKT ainda consegue vantagem sobre a equipe chinesa e, após o barão para os coreanos, torre após torre foi caindo. Após muita pressão, a SKT consegue uma luta quase perfeita, eliminando quatro dos cinco oponentes e conseguindo a vitória.

Splyce vs. TSM: Um jogo considerado de vida ou morte para o time europeu que, até o fim dessa partida, estava 0-2. A Splyce jogou bem e abriu uma vantagem no jogo, porém, após fazerem o primeiro baron, não conseguiram nada mais do que torres. Nessa falha de aproveitamento de vantagem, a equipe norte-americana conseguiu alguns abates pelo mapa e foi lentamente retomando o jogo. Mesmo com uma ótima atuação de Sencux com seu malzahar, após o buff do dragão ancião foi difícil parar a equipe americana que, no final, acabou ganhando.

Royal Never Give Up vs Samsung Galaxy: Novamente Coreia contra China, mas, com um desfecho diferente. Mesmo com os coreanos sempre na frente em abates, o ouro não estava com diferença gritante e isso que manteve o jogo. Por fim, aproximadamente aos trinta minutos de jogo, uma luta na jungle chinesa rendeu apenas um abate para cada lado, mas, o time da Samsung conseguiu aproveitar já que estava na vantagem em ouro e terminou com a vitória.

Dia 4

INTZ X ahq e-Sports: Único adversário que a equipe brasileira ainda não tinha enfrentando. As chances eram boas, entretanto, um começo de jogo absurdo da equipe de Taiwan destruiu as chances da INTZ que, mesmo jogando com os campeões da zona de conforto da maioria do time, não conseguiu vantagem e se viu engolida pela Ahq.

H2K X Edward Gaming: Mesmo com um começo em abate muito parelho para as duas equipes, a superioridade chinesa foi nítida, com um show do Jhin de Deft conseguindo o first blood e uma boa atuação do Mouse usando a Irelia, embora tenha recebido certo foco. Ryu teve uma boa partida de Vladimir, mas não conseguiu levar seu time a vitória.

Albus NoX Luna X G2 Esports: E novamente o Wildcard surpreende! Dessa vez contra a campeã europeia, viu-se contraanálises que esperavam uma vitória para a G2. No entanto, a Europa novamente desaponta. O começo foi meio parelho, mas, no meio para o final da partida, a Albus jogou em time muito mais que os europeus e, após realizar um barão e um dragão ancião, os russos derrubaram o nexus inimigo e ganharam o jogo.

Counter Logic Gaming X ROX Tigers: Com um começo de jogo fantástico e com um roaming level 1 do Huhi, a CLG ganha uma moral da torcida e na própria partida. Mesmo a ROX sendo a favorita, Huhi teve uma atuação espetacular com o Aurelion Sol, morrendo apenas uma vez durante o jogo todo e participando da maioria das jogadas importantes. Os coreanos tentaram e nem mesmo Smeb e PraY conseguiram parar os norte-americanos inspirados que após um barão, conseguiram pressionar melhor e finalizar o jogo.

SK Telecom T1 X Flash Wolves: O jogo da vida para o time de Taiwan. Com uma campanha triste de 0-2 até essa partida, eles precisavam vencer a qualquer custo caso quisessem passar para a próxima fase. O jogo teve seus primeiros dez minutos calmos, apesar de um gank acontecer no mid por parte da Flash Wolves, conseguindo um abate na Cassiopeia do Faker. Após o segundo gank no mid que também rendeu um abate, o jogo começou a esquentar e lutas começaram a acontecer em peso na bot lane, sendo bem mais favorável para os taiwaneses. Com o decorrer da partida, a Flash Wolves acabou jogando melhor e expandindo ainda mais a vantagem e, após dois barões, a equipe conseguiu o primeiro acesso para a base inimiga. Mas as coisas apenas melhoraram quando o time de Taiwan conseguiu o Dragão Ancião e algumas kills logo m seguida, conseguindo assim acabar com a partida.

Cloud9 X I May: Com um começo de jogo absurdo e um double kill do top impact da Cloud9 estando 1x2, os norte-americanos começaram com tudo que tinham para ganhar. Nos outros momentos do jogo nada foi diferente, a pressão da Cloud9 foi grande e, na maioria das lutas, os chineses acabaram em desvantagem. Logo após algumas lutas e uma eliminação no Vladimir do Athena, o time seed 3 da América do Norte executou o barão e, em pouco tempo, dominou a base inimiga e conseguiu a vitória.

Os próximos quatro dias definirão o destino das equipes, onde cada dia será separado para cada grupo, onde todos os times se enfrentarão uma vez. Logo em seguida, quando os dois primeiros de cada grupo forem definidos, ocorrerá um sorteio para ver qual time se enfrentará nas quartas de final. Dois times da mesma região não podem se enfrentar nas quartas e, caso ocorra um empate nos grupos, uma partida de desempate é feita para decidir quem passa ou não. Atualmente, os grupos estão dessa maneira:



Consulta: LoL eSports BR
Revisão: Bruno Alves
Edson Santos escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais