Spike Chunsoft cria enquete de interesse em futuros jogos no Steam

A empresa ofereceu uma lista de jogos que ela poderá lançar na Steam e entre eles há as visual novels 428 e Kenka Bancho Otome, que nunca foram lançadas fora do Japão.


A Spike Chunsoft começou nesta quarta-feira, dia 4 de agosto, uma enquete no Twitter perguntando a seus seguidores qual dos jogos da lista eles gostariam que fosse lançado no Steam. A lista inclui as visual novels 428, Kenka Bancho Otome e Kamaitachi no Yoru, além do roguelike Shiren the Wanderer.



428 (conhecido em japonês como 428: Fuusa Sareta Shibuya De) conta a história de vários personagens que investigam paralelamente um grande mistério na cidade de Shibuya que não pode ser resolvido sem a atuação de todos eles, mesmo que eles não se conheçam. Dessa forma, cabe ao jogador escolher os caminhos que os personagens irão tomar para tentar desvendar o que está acontecendo.

Outra característica importante é o uso de live-action em suas cenas ao invés de desenhos com traço de animê, algo bastante peculiar para o gênero. Até o momento, 428 nunca foi traduzido para terras ocidentais, apesar de ter sido lançado no Japão em 2008 no Wii e depois portado para PS3, PSP, iOS e Android. 

Kenka Bancho Otome, originalmente lançado para o Playstation Vita no Japão em maio deste ano, é um spin-off da série de beat'em up Kenka Bancho. No lugar de seu irmão gêmeo, Nakayama Hinako entra em uma escola para garotos famosa por reunir vários delinquentes. Lá ela terá várias lutas e poderá se apaixonar por um dos rapazes com os quais disputa o domínio da escola.

Apesar da mudança de gênero em relação à série principal, o jogo mantém a mecânica de Menchi Beam, em que o jogador encara um oponente enquanto monta uma frase. Na série principal, geralmente são usados xingamentos para reduzir a moral do adversário. Há também segmentos de batalha que funcionam como um jogo de ritmo, exigindo que o jogador aperte os botões que aparecem na tela no momento certo.

Kamaitachi no Yoru é uma visual novel sobre dois amigos que viajam para uma estação de esqui na qual uma pessoa é assassinada. Se o jogador não conseguir encontrar pistas e descobrir quem é o culpado, novos assassinatos irão acontecer, levando a vários finais possíveis.

A visual novel é uma das mais importantes da história da empresa, uma grande referência para vários outros jogos de mistério. Originalmente lançado no Super Nintendo em 1994, o jogo só foi lançado oficialmente em inglês em 2014 para iOS como Banshee's Last Cry. 

Por fim, Shiren the Wanderer é uma série de dungeon crawlers roguelike, sendo seus jogos também chamados de Mystery Dungeons. Controlando o rounin Shiren e sua doninha falante Koppa, o jogador explorará dungeons contendo inimigos, tesouros e armadilhas, todos gerados aleatoriamente.

Ao contrário dos outros jogos, no entanto, não se sabe se o título em questão se refere ao primeiro jogo da série ou o mais recente, Shiren the Wanderer: the Tower of Fortune and the Dice of Fate (PS Vita).

Contando ao total com mais de 10.000 votos, a enquete apresenta no momento da escrita desta notícia uma disputa acirrada entre Kenka Bancho Otome (37%) e 428 (36%). A votação dura até o dia 10 de agosto, quarta-feira, e só permite que um dos jogos seja selecionado por qualquer pessoa com conta no Twitter.

Fonte: Siliconera
Ivanir Ignacchitti escreve para o GameBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais