Nvidia anuncia a GTX 1080, placa com performance 2x maior que a da Titan X

Poderosa e ao mesmo tempo econômica, a nova placa chega com mudanças consideráveis prometendo uma nova experiência de gameplay.


A Nvidia marcou para o dia 06 uma apresentação, ficou evidente que teria uma nova placa GeForce para ser mostrada, e foi o que aconteceu. Finalmente a GTX 1080 foi oficialmente revelada.


A Nvidia realmente se superou, a nova placa de vídeo chega para mostrar um novo conceito no cenário de games, o potencial oferecido é muito grande. Com a sua arquitetura Pascal, a GTX 1080 trará o FinFET de 16nm, depois de várias gerações com o de 28nm, essa mudança trará mais força com menor consumo de energia, logo se mostrando mais eficiente. O sistema da memória RAM também foi alterado, saindo do GDDR5 para GDDR5X, esse "X" resulta em muito mais do que você pode pensar, pois é entregue o dobro de largura de banda. Enquanto a GDDR5 tem velocidade de até 7 Gpbs, a GDDR5X é capaz de chegar a 16 Gpbs.



O resultado da GTX 1080 é incrível, a Nvidia diz que a placa é mais rápida que duas GTX 980 em SLI, ainda tem o dobro de performance da Titan X (que era a mais poderosa placa da marca até então) e gasta 3x menos energia.

Em um teste ao vivo, mostrando um personagem de Paragon com alto nível de detalhes na tela, a placa chegou a impressionantes 2,1 GHz com somente 67ºC (apenas com resfriamento por ar) segurando os 60 FPS, enquanto que outras placas lidando com o mesmo exemplo ficariam oscilando entre 1 FPS e 2 FPS.



A multi projeção simultânea foi outra novidade, a tecnologia irá auxiliar no processamento de um cenário por até 16 pontos de vista diferentes, isso está diretamente relacionado ao uso de vários monitores. De acordo com a localização do monitor, a GTX 1080 mostrará de modo independente como seria a visualização de objetos a partir daquele ângulo, o que já ocorre atualmente, mas será uma maneira diferente, pois ao invés de renderizar uma imagem 16 vezes (como acontece hoje), haverá uma mostra de 16 diferentes maneiras ao mesmo tempo, o que ajudará a manter o jogo em uma boa escala de FPS.



Graças a melhoria no desempenho, a tecnologia é perfeita para VR, além de deixar mais natural a visão, o que é essencial, resultará em um gameplay mais fluído. Em uma demo, a taxa de FPS saiu de 60 para 96 com o sistema ligado (lembrando que para realidade virtual, o recomendado são 90 frames por segundos).

A GTX 1080 será lançada no dia 27 de maio com 8 GB de RAM GDDR5X, 9 TFLOPS, custando US$ 599 na sua versão padrão e US$ 699 na versão com maior overclock, chamada Founder Edition.

Em conjunto, foi também apresentada a GTX 1070 (também com a arquitetura Pascal), essa com 6,5 TFLOPS, 8 GB de RAM GDDR5, chegando ao mercado no dia 10 de junho pelo preço de US$ 379 na versão padrão, e US$ 449 na já comentada Founders Edition. Importante notar que mesmo esta mais "básica" é mais rápida que a Titan X.
Qual será a dimensão do impacto da arquitetura Pascal nos games?


Janderson Oliveira ainda não chegou ao patamar de universitário por estar no Ensino Médio, entrou no GameBlast com o intuito de unir o que aprendeu em sala com o que andou jogando enquanto deveria estudar para Química. Tem Facebook caso queiram catalogar a espécie.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais