Final Fantasy XV (PS4, XBO) não precisa vender 10 milhões de unidades para ser lucrativo, afirma diretor

Venda de 10 milhões de unidades de FFXV é apenas meta pessoal colocada pelos próprios desenvolvedores.

Sites nacionais e internacionais recentemente divulgaram o Diretor de Final Fantasy XV, Hajime Tabata, mencionando que Square Enix espera vender 10 milhões de unidades do jogo em toda sua vida enquanto um novo título não fosse lançado, ou mesmo que 10 milhões de unidades seria o número necessário para que o jogo se tornasse lucrativo para a empresa. Pois bem, agora Tabata explicou que o número é apenas uma meta pessoal colocada pelos próprios desenvolvedores.




A informação parecia estranha. Enquanto Square Enix é conhecida em colocar desafios para si própria e seus desenvolvedores, 10 milhões de unidades parecia ser algo bem otimista. Em adição a isso, mesmo que o título tenha passado por diversas mudanças (e títulos) em 10 anos de desenvolvimento, para ele ser lucrativo só depois da venda de 10 milhões de unidades, parecia ser algo irreal.

Para Famitsu, Tabata mencionou que 10 milhões de cópias era apenas uma meta pessoal que o time de desenvolvimento colocou para eles mesmos. Isso não tem nada a ver com as expectativas de vendas da empresa ou mesmo com sua lucratividade.

O próprio Tabata admitiu que essa meta é bem improvável, mas que ela foi mencionada como uma indicação de que o time realmente tem bastante confiança no jogo. Para contexto, nenhum outro Final Fantasy, exceto VII, conseguiu essa marca, e basicamente é o número de vendas de The Witcher 3 e Metal Gear Solid V: The Phantom Pain juntos.

Fonte: DualShockers
Felipe Macedo é jornalista formado, e redator e produtor de vídeos no GameBlast. Além de ser colunista do site Ivalice, participa como co-host do podcast Seriáticos. Nas horas vagas, quando não está jogando, está assistindo alguma série. É fácil de ser encontrado no Twitter e Facebook.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais