E3 2016 poderá abrir as portas para os consumidores

A mais importante feira de games pode, finalmente, abrir a porta para o público consumidor e não ser mais exclusivo a jornalistas e membros da área.

De acordo com a organizadora da E3 — evento mais importante da indústria do entretenimento eletrônico —, a ESA, uma pretensão para abrir as portas evento também ao público normal, e não mais apenas aos membros da mídia e de negócios do ramo, pode acontecer.


Segundo Rich Taylor, representante da ESA, em resposta ao site MCV sobre a importância da E3, ele responde:
"A E3 é algo além de relevante, ela é essencial e crítica para o calendário da indústria gamer e do entretenimento. Ela muda, nunca se mostra estagnada e este ano não será diferente. No ano passado, se você perguntasse à maioria das pessoas sobre o que acharam da E3, muitas delas lhe responderiam ser esta a melhor E3 que acharam, e muitos responderiam ser a melhor E3 que de se lembram. Mas, antes da E3 2015, eu estava respondendo ao mesmo tipo de pergunta que está me fazendo. 
Por fora do LA Convention Center durante a E3 2015
Uma das coisas que fazemos no final de toda E3 é o que falamos à maioria das pessoas... nós tentamos descobrir como melhorar e tornar a experiência melhor. Fizemos isso ano passado e estamos realizando ajustes para garantir que este ano o evento seja um tremendo show. Teremos uma série de conferências acontecendo — um número recorde, acredito — antes dos dias de E3. Este é um reflexo que irá fazer as pessoas perceberem que a E3 se trata de um local onde se fazem notícias e também onde se quebram elas, um local onde as mesmas são amplificadas ao redor do globo de uma maneira que nenhum outro show pode fazer. 
Nos corredores movimentados e cheios de propagandas da E3 2015
A questão do consumidor é, certamente, parte da equação e estaremos de olho. Vocês viram, no ano passado, que algumas empresas trouxeram alguns de seus mais valiosos clientes para o evento. Iremos, provavelmente, permitir isto, novamente, este ano, além de elementos adicionais, que poderão vir ou não. Ademais, estamos sempre tentando descobrir o que fazer e maneiras de melhor acomodar e facilitar as personalidades do YouTube. 
Dentro dos pavilhões da E3 2015: o estande da Microsoft
Nós, obviamente, queremos um robusto e energético palco. Sendo assim, se alguns não estiverem, encontraremos outras pessoas para estarem lá. A E3 é o lugar onde as pessoas querem estar. Não somos um evento morto, pelo contrário. Há muitas atividades nela, desde apresentações universitárias de desenvolvedores indie até de títulos AAA. Estamos chamando uma série de entidades e desenvolvedores que não estiveram presentes nos anos anteriores e encorajando-os a serem parte do show."
Jogadores atentos na booth da Capcom durante a E3 2015
Dentro da Nintendo Treehouse na E3 2015
Muitas das decisões que estão sendo tomadas para esta E3 se devem às saídas das empresas Activision, EA, Sega, Bandai Namco e Disney nos pavilhões da feira. Uma motivação a mais para que essas companhias permaneçam no evento parece ser a medida mais sensata. Além disso, todo ano é discutido sobre a relevância da E3 no cenário atual da indústria, como podemos perceber através das palavras de Taylor. Uma olhada no passado e história do evento poderia já, talvez, esclarecer este fato, contudo, sabemos que mudanças são necessárias para o progresso de uma marca.

De qualquer modo, já estamos ansiosos para a chegada da E3 2016 (faltam 92 dias) e nossa equipe do GameBlast estará lá, em Los Angeles, mais uma vez, conferindo de perto as novidades deste gigantesco evento para trazer até você, leitor, ouvinte e espectador do site, as novidades mais aguardadas e inesperadas. Está chegando!

Fonte: MCV
Jaime Ninice é mestre em Música pela UFRJ e aluno de Cravo (bacharelado) na mesma instituição. Além da música, possui especial admiração pelos games e pode ser encontrado escrevendo e revisando artigos no GameBlast em momentos de descontração. Também está no Twitter e no MiiVerse.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais