Jogatina de FDS

O que estamos jogando: despertares, abacaxis e zonas

Confira o que a equipe do site pretende jogar no final de semana.

No final de semana eu a) visito a namorada b) cuido da casa c) descanso para ter uma segunda produtiva d) faço altas maratonas de games, parando apenas para pausas irregulares ao banheiro. Vou deixar vocês pensarem um pouco, mas vou dar uma dica: não comprei 2 litros de energético à toa.

Lucas Pinheiro Silva

Só pegando abacaxis

Eu não terei muito tempo para jogar esse final de semana fora o famoso MMO Vida Real. Entretanto, no intervalo entre uma missão e outra, pretendo jogar No Pineapple Left Behind (PC). O jogo é uma clara sátira ao programa escolar americano No Child Left Behind, criticando o sistema por desumanizar as crianças e vê-las somente como objetos que devem conseguir boas notas (e, portanto, lucros para escola). Esses jogos críticos costumam ser mais interessantes do que bons, mas espero estar enganado com esse.

Se conseguir, tentarei jogar também um pouquinho de Fire Emblem: Awakening (3DS). O lançamento de Fire Emblem Fates me motivou a experimentar a série. Em vez de cair de cabeça no novo lançamento, decidi começar por aquele que muitos dizem ser um dos melhores e mais acessíveis da franquia. O pouquinho que joguei é realmente muito bom, apesar de me perturbar a ausência de pés dos personagens.
Que abacaxi, hein?

Alberto Canen

Entrando no hype

Nada como um bom hype para nos instigar a jogar algo, não é mesmo? Vou jogar Pokémon X, que eu tenho e nunca terminei. E não precisa chamar de noob, pois aqui sou réu confesso, não tenho mesmo muita intimidade com a franquia, mas antes tarde do que mais tarde. Além disso, vou jogar minhas partidas de Mario Kart 7 e de Smash Bros. para 3DS com o pessoal da Liga NB RN, que se encontra todo sábado — se estiver em Natal, venha jogar conosco. ;) Por fim, ainda estou jogando Chrono Trigger (DS). Não saí muito do canto pois não joguei durante a semana — mas tudo bem, já que estou mais curtindo a história do que preocupado em chegar ao fim.
Imagens exclusivas do Alberto jogando Mario Kart 7.

Daniel Rodrigues

Desperto

Faz um tempo que não compartilho o que vou jogar no final de semana, mas dessa vez fiquei tão feliz em ter adquirido novamente meu Fire Emblem: Awakening, do Nintendo 3DS que não poderia deixar de compartilhar com os gamers de plantão. Outro jogo que terá presença marcante em meu fim de semana será Pokémon Red, que está com lançamento marcado para dia 27/02/2016 domingo, oficialmente na eShop do 3DS, assim poderei relembrar os velhos tempos onde eu jogava no meu antigo Game Boy Clássico. E claro como material de estudo vou jogar Bloo Kid 2, um ótimo jogo independente de plataforma 2D que adquiri na eshop do 3DS.
Mas sério, por que a falta de pés?

Douglas Marciano

Got Them All On My Zune

Uma nuvem negra ameaçava meu final de semana. Tive que trazer serviço para casa — toneladas de papel para analisar —e ainda precisava vencer a puzzle-boss-fight de Ultra Hat Dimension para poder me dedicar a Bezier.

Quando tudo parecia estar pedido, eis que gritei: EUREKA! E depois de movimentos rápidos e certeiros o boss caiu, zerei Ultra Hat Dimension. Com uma responsabilidade a menos nas costas — zerar um game é uma grande responsabilidade — ousei dar uma espiadinha em Bezier, e para minha surpresa, lembrei-me do seriado Chuck, na segunda temporada, onde o protagonista zerava Missile Command ao som de Tom Sawyer, da banda Rush, afim de conseguir um código secreto para desarmar uma ogiva nuclear. Bezier é bem isso, mas com muito mais luzes, tiros e um ambiente completamente frenético e viciante.

Assim sendo, Bezier será minha jogatina deste final de semana.
PEW PEW PEW PEW!

Vinicius Eleno

Revisitando os encostados

Como finalmente acabou minha assinatura de Final Fantasy XIV e estou pobre para renová-la, só me resta revisitar alguns jogos que parei faz tempo e que ainda preciso acabar. Com isso, retomo minha aventura que já passou das 70 horas em Dragon Age: Inquisition. Alternarei ele no PS4 com outra tentativa de finalmente chegar a ver o final da história em Mad Max. Incrível como começo novos jogos sem nunca acabar os antigos.

Também pretendo passar umas horas variando entre The Legend of Zelda: Link’s Awakening e Fire Emblem: Awakening no Nintendo 3DS, outro par de jogos que até hoje não consegui finalizar. Assim como o Lucas, o novo lançamento da franquia chamou minha atenção, porém realmente quero finalizar esse antes. E se conseguir tirar ainda mais tempo da cartola, fecharei o domingo com muita descontração e risadas em grupo trazidas por uma sessão de jogos de tabuleiro com amigos. O duro vai ser achar tempo pra tanta coisa.
Esse é curtinho, cê consegue, Eleno!

Renan Pinheiro

Bravo novo mundo

A jornada no Pokémon Shuffle (3DS) não para, assim como o treino da sombra em Killer Instinct (XBO). Agora a dupla recebeu um combo breaker com o melhor jogo para otakus que gostam de ver a vida dos personagens além do jogo principal. Project X Zone 2 (3DS) promete ir ainda mais além na louca conexão com Sega, Capcom e Namco, que começou por volta de 10 anos atrás com Namco x Capcom no guerreiro PlayStation 2.

Que zona.

E você, querido leitor, o que está jogando?
Lucas Pinheiro Silva é analista de sistemas web por profissão, gamer por vocação. Tem grande interesse em game e level design, o que o levou a escrever para o GameBlast. Em seu Facebook e Twitter também fala de outras coisas, como HQs, música e literatura.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais