Top 10

One Piece: Burning Blood (Multi): Personagens que queremos ver no jogo

Quais piratas, marinheiros, revolucionários e outras grandes estrelas do mundo de One Piece deveriam estar em Burning Blood?


Há tempos os videogames pediam por um definitivo jogo de luta de One Piece, afinal, a série já conta com um elenco incrível de personagens após quase duas décadas de publicação. One Piece: Burning Blood, por sua vez, parece estar almejando tornar-se esse aguardado game. Em sua lista de personagens jogáveis, já constam estrelas do universo pirata aclamadas pelos fãs, como Luffy, Doflamingo e Crocodile. Mas, além dos já confirmados, que tal especular quais outros lutadores da obra de Eiichiro Oda ganharão vida no PS4, XBO, PC e PS Vita?



Antes de começar essa matéria, alerto para o altíssimo número de spoilers! Como se trata de um jogo novo, vamos especular com base nos acontecimentos da série até a semana atual. Portanto, leia por sua conta e risco. E muitos spoilers já estão na sua lista de personagens confirmados, que conta com Luffy, Ace, Sabo, Trafalgar Law, Bartolomeo, Crocodile, Enel, Doflamingo e X Drake. Quem acompanha o mangá sabe que muitos desses personagens estiveram em alta no último arco (Dressrosa). Em nossas apostas, apesar de considerarmos a fama do personagem, vamos desconsiderar aqueles cujas técnicas ainda não foram reveladas nem devidamente exploradas na obra, como Shanks, Kaido e até Roger.

10. Mr. 1

Braço direito de um dos maiores vilões da série, Mr. 1 (ou melhor, Daz Bones) foi um dos maiores desafios da jornada de Zoro. O espadachim do bando do Chapéu de Palha precisou aprender a cortar aço no meio da luta, pois o seu adversário, Mr. 1, é um homem-navalha. Transformando o corpo todo em lâminas das mais variadas formas, ele se torna um inimigo perigosíssimo. Sua reintrodução na história em Impel Down dá margem para futuras aparições do vilão no Novo Mundo, um cenário propício para sua confirmação no elenco de Burning Blood.
Ta aí um cara que não precisa comprar barbeador

9. Kyros

A presença de Kyros em Dressrosa gerou muitas dúvidas sobre o seu nível de força. Afinal, mesmo tendo preferido viver uma vida pacífica após o término do arco, esse gladiador alcançou a fama máxima no Coliseu Corrida e derrotou impiedosamente Diamante. Até mesmo transformado em brinquedo, Kyros demonstrou agilidade, força e técnica exímias. Em um jogo de luta, ele seria um personagem destruidor. Mesmo sem utilizar o poder de nenhum Akuma no Mi, Kyros não ficaria abaixo dos muitos Logias desse jogo. Porém, apesar de técnicas avassaladoras, como o Trueno Bastardo, não ficou claro se Kyros domina o Haki da tonalidade armada, o que pode comprometer sua participação.

8. Cavendish

Capitão do bando dos Piratas Lindos, Cavendish conquistou muitos fãs em Dressrosa. Em parte, isso se deve a seu lado cômico, mas ele também é um grande espadachim, cujas técnicas tornam-se ainda mais mortais ao despertar sua segunda personalidade: Hakuba. Equilibrar a precisão de Cavendish com o poder de destruição de Hakuba poderia ser uma mecânica de combate interessante para Burning Blood. O esquema poderia combinar as vantagens e desvantagens das duas metades, requisitando do jogador discernir os custos e benefícios de cada uma.
99% Cavendish, mas aquele 1% é Hakuba

7. Vergo

Apesar de Caesar Clown ser o grande vilão do arco de Punk Hazard, a ameaça representada por Vergo acabou roubando a cena, sobretudo quando ele enfrenta Smoker e Law. Vergo mostrou ser um dos personagens mais brutais em força física, amplificando ainda mais seu poder com um Haki da tonalidade armada de causar arrepios em Law. Essa característica faria dele um perigo para lutadores usuários de Akuma no Mi em Burning Blood.
O Haki mais apelão do jogo

6. Marco

De todos os personagens introduzidos em Marineford, Marco é um dos que mais têm sua reaparição na história requisitada pelos fãs. Afinal, ele é o único personagem a ter comido, até agora, um fruta do tipo Zoan mística. Com o poder da fênix, Marco é capaz de voar com facilidade e restaurar instantaneamente danos infligidos a si. Essa última característica provavelmente seria bem apelona para um jogo de luta, mas seus demais atributos já fariam dele um excelente lutador jogável por si só.

5. Jimbe

Por ter sido convidado pelo próprio Luffy a entrar para seu bando, Jimbe já é considerado por muitos fãs como um legitimo membro da tripulação. Sua participação em Burning Blood, portanto, é ainda mais necessária do que aliados como Law e Bartolomeo. Os homens-peixe, ainda por cima, são protagonistas de um dos temas mais abordados por One Piece: o preconceito e intolerância às diversidades. Ver Jimbe em ação seria uma excelente maneira de colocar à prova o Karatê Tritão, sobretudo as técnicas exclusivas desse homem-baleia.
Kame-hame... não, pera!

4. Almirantes

Já experimentamos o poder de quatro diferentes Almirantes na história corrente de One Piece (ok, cinco se considerarmos o Sengoku), e seria absolutamente difícil escolher apenas um. Akainu, por ser o atual Almirante de Frota e por ter aparecido em J-Stars Victory Vs+ (PS3/PS Vita), faria muito sentido entrar também nesse jogo. Além dele, Kizarutambém daria um excelente personagem jogável. Lava ou luz? Simplesmente não dá para escolher apenas um desses incríveis marinheiros, portanto nossa aposta vai para em ambos. Fujitora e Aokiji, felizmente, já estão confirmados no elenco!

3. Wiper

Wiper mostrou, ainda no arco de Skypeia, que não é preciso ser um infame pirata ou um renomado marinheiro para demonstrar força em One Piece. O honrado Shandian rivalizou com Luffy durante o arco e sobreviveu até o fim do jogo de sobrevivência arquitetado por Enel. Incluí-lo em Burning Blood permitira ao guerreiro se vingar por toda a desgraça que Enel trouxe ao seu povo e, é claro, colocá-lo de frente a Luffy após dois anos de treinamento. Wiper não apenas traria sua icônica Burn Bazooka, mas também seus patins de Waver, cuja presença de Kairouseki colocaria todos os Logias do jogo para correr.

2. Lucci

Pensar em um jogo de luta de One Piece sem incluir Rob Lucci é inviável. O homem-leopardo foi o primeiro grande vilão de Luffy na Grand Line que o deixou nas últimas sem utilizar um fruto do tipo Logia. O homem-borracha venceu, obviamente, mas Lucci protagonizou junto a ele uma das melhores lutas de One Piece, que contou com a estreia das técnicas Gear Second e Gear Third. Num jogo como Burning Blood, Lucci poderia abusar dos poderes de sua Akuma no Mi do tipo Zoan, do seu pleno domínio das técnicas do Roukushiki e, é claro, de sua experiência inigualável em batalhas. Agora que foi confirmado como membro da CP Aigis Zero, é o momento perfeito para trazê-lo de volta aos holofotes.

1. Ivankov

Já que One Piece é um dos mangás de ação que mais costumam trollar a expectativa de seus fãs, resolvemos encarnar o espírito de Oda em nossa maior escolha: a/o Rainha/Rei dos Travestis e Transsexuais, Ivankov! Há muitos motivos para Ivankov estar nessa lista, além de seu design excêntrico. Invankov não só ocupa uma alta posição no Exército Revolucionário, como também foi responsável pelo treinamento de Sanji durante o salto de 2 anos do enredo. Assim, esse *bofe* é tão importante e poderoso quanto Mihawk e Rayleigh. Os diversos golpes de Ivankov, dentre os quais seus passos de balé evasivos e piscadelas mortais, fariam dele/dela um personagem ímpar no jogo.
Heeeeeee-Haaaw!!
E esses foram os dez personagens que gostaríamos muito de ver em One Piece: Burning Blood. E, felizmente, o jogo não está tão longe de seu lançamento, logo não deve demorar para conferirmos o elenco definitivo de lutadores. Burning Blood chega para PS4, PS Vita, XBO e PC em 21 de abril no Japão e em 3 de Junho nas Américas e Europa! We go!


Revisão: Vitor Tibério
Capa: Felipe Araújo
Rafael Neves é estudante de psicologia na UFBA e planeja ingressar no mundo da literatura como escritor. A paixão por videogames e a vontade de escrever unem-se na experiência como jornalista do ramo. Também trabalha em sua HQ virtual. Encontre-o no Facebook.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais