The Game Awards 2015: o que esperar do evento?

A cerimônia do Game Awards 2015 começará daqui a pouco, trazendo premiações e novos anúncios; não poderíamos deixar de dar nossos palpites.

Sempre que o último mês do ano chega, começam a aparecer listas de premiações com tudo que ocorreu de melhor (e, por que não, de pior) na indústria dos jogos eletrônicos. Para isso, temos talvez o mais importante evento do tipo no mundo, considerado hoje o “Oscar dos videogames”: o Game Awards.


Como nem só de premiações vivem os fãs, espera-se que mais uma vez as gigantes do mercado anunciem algumas bombas, como ocorreu em 2014. Sendo assim, antes de você acompanhar nossa cobertura da edição de 2015, resolvemos exercitar nossos poderes místicos para tentar prever o que veremos daqui a pouco.

Exclusivos de sobra

A Microsoft tem investido pesado em marketing para o Xbox One, então é provável que ela venha com tudo para mostrar algumas coisas pelo menos da primeira metade de 2016, principalmente considerando que muitos olhares estarão voltados para a empresa, já que Halo 5: Guardians é indicado (e forte concorrente) a várias categorias. O exclusivo Quantum Break, que tem lançamento previsto para o próximo dia 05 de abril, parece ser a opção mais impactante para a noite, já que o jogo vem chamando bastante atenção desde que foi anunciado e as pessoas aguardam ansiosas por novidades do game.

"Se com 27 tiros eu destruir aquela estrutura ganho o shooter do ano, certo?"
Não é demais pensar também que a “Casa de Bill” dê alguma atenção à retrocompatibilidade com jogos de Xbox 360, anunciando algum jogo muito aguardado (Red Dead Redemption?) ou aumentando o catálogo de títulos.

No mais, e bem menos provável, mas não impossível, a Microsoft pode aparecer com alguma função legal para uma atualização futura do XBO.

A Sony, por sua vez, deve aparecer de forma um pouco morna, já que nos dias 05 e 06 de dezembro, logo após o Game Awards 2015, haverá o evento próprio PlayStation Experience, quando os maiores anúncios devem acontecer. Mas quer saber? Nunca é muito mostrar mais um vídeo de Uncharted 4, não é mesmo? O que promete ser o maior jogo do PlayStation 4 em 2016 deve aparecer em toda e qualquer oportunidade que a empresa tenha.

Mas a Sony não vai deixar passar a oportunidade de convidar os espectadores a acompanharem seu evento dois dias depois, então algum teaser deve ser mostrado. Fãs de automobilismo devem estar aguardando por Grand Turismo. Enquanto isso, já foi dito que o Santa Monica Studios está trabalhando a todo vapor e, apesar de não ter sido divulgado em qual jogo, não é absurdo imaginar alguma chamada de Kratos para um trailer do próximo God of War.

Chegando no Game Awards...
Tá, mas e a Nintendo? Se em 2014 ela ganhou como melhor empresa, neste ano a situação está um pouco complicada. Com o Wii U sobrevivendo quase que apenas de Splatoon e Super Mario Maker, e com alguma atenção para Yoshi’s Wooly World, além de o 3DS recebendo cada vez menos jogos das thirds, vai ficar difícil pra ela dessa vez. Porém, como Xenoblade Chronicles X será lançado oficialmente por aqui amanhã, é possível que a Big N dê uma boa atenção a ele.

Star Fox Zero, exclusivo do Wii U, foi adiado para 22 de abril de 2016, o que faz do Game Awards uma boa oportunidade para a divulgação de mais algum detalhe do game. Pokémon Super Mystery Dungeon e Mario & Luigi: Paper Jam são boas opções para dar alguma atenção ao portátil. Alguma informação sobre Metroid Prime: Federation Force, talvez?

Todos se perguntam se vai valer a pena.
Mas certamente o que todos mais aguardam é um novo vídeo, com qualquer informação que seja, dos próximos The Legend of Zelda para o Wii U. Sim, no plural, porque enquanto todos querem qualquer detalhe do “Zelda U”, há ainda dúvidas sobre quais melhorias significativas a Nintendo trará para a versão em HD de Twilight Princess, que inicialmente não agradou visualmente.

Fazendo figa para Zelda U aparecer.


Também há espaço para thirds e prêmios

A lista de bons games das third parties para 2016 não é nada pequena. Só para o primeiro trimestre, período mais fácil de ser alvo dos anúncios neste momento, por ser a época pré-E3, temos previsão de títulos grandiosos, como Far Cry Primal (Multi), Street Fighter V (PS4), Tom Clancy’s The Division (Multi) e Plants vs. Zombies: Garden Warfare 2 (Multi). Para o período posterior, também esperamos alguma novidade sobre Deus Ex: Mankind Divided (Multi) e Dark Souls III (Multi). Será?

E se posso chutar aqui alguns resultados das premiações, que tal a dobradinha Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Multi) para jogo do ano e a Kojima Productions para desenvolvedora? O pra lá de ótimo Ori and the Blind Forest (PC/XBO) deve levar melhor indie (e talvez melhor direção de arte).

Fallout 4 (Multi) é um RPG e tanto, e Splatoon surpreendeu tanto que pode levar facilmente o melhor jogo para a família. E enquanto a guerra será acirrada no melhor jogo de tiro (todos são excelente shooters), o jogo mais esperado de 2016 certamente é Uncharted 4.

O que deve deixar alguns #chateados, pois estudos precisos indicam que quase 110% dos nintendistas diriam que “Zelda U” levaria essa fácil, caso estivesse concorrendo.

Sim, é só isso que importa!
Capa: Gabrielle Mustafa
Vitor Tibério é amante de jogos eletrônicos desde que bateu os olhos em alguns pixels do NES. Hoje leva a sério as disputas de Mario Kart mas tem um (enorme) espaço no coração reservado à franquia Zelda. Já jogou e rejogou quase todos os games da franquia e mal pode esperar pelo lançamento do Breath of the Wild.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais