Blast Test

Subaeria (PC): quebrando a cabeça com robôs

Uma combinação interessante para os jogos no estilo puzzle (quebra-cabeças, enigmas, etc.) é criado quando misturado com roguelike, gerando desafios com um toque de RPG e aumentando um pouco da aleatoriedade dos desafios.

O mundo de Subaeria vai desafiar seu raciocínio lógico e seu desenvolvimento resolvendo os desafios de cada fase. Você vive em um futuro dominado pela tecnologia e como aliado temos um drone para auxiliar nas resoluções. Nessa jornada que começa a levar ao desespero, entramos fundo nos desafios para sobreviver e fugir da cidade subaquática. Em meio a sua fuga, toda escolha que for realizada será refletida no seu futuro, e daqueles vivem ao seu redor. Assim começa sua aventura no mundo de Subaeria.

Quebrando a cabeça e o PC


Por mais que a ideia e o enredo busquem mudar um pouco o foco e história no gênero que temos hoje em dia, a versão de acesso antecipado tem como maior desafio resolver o enigma de como conseguir jogar. Parece piada, mas o jogo ou nos força a uma opção para jogar ou fecha a todo momento. Isso quando não combina os dois.

Subaeria vem por padrão com todas as configurações de vídeo no máximo independente da situação da sua máquina. Em todas as combinações possíveis, o jogo reúne alguns problemas para você não jogar.

A primeira tela de Loading pode ser a sua primeira e mortal inimiga, pois sempre reserva um momento de travar o carregamento no meio, e, assim, tem grandes chances do jogo fechar e identificar um erro que seria bom você reportar aos desenvolvedores. Quando, enfim, conseguir carregar o jogo, os efeitos de todas as configurações possíveis começam a bater na porta. No momento, o jogo está difícil de ser configurado ao ponto de ser no minimo jogável. Os principais desafios nesse momento é driblar a queda constante de quadros e a lentidão.


Para encarar essa aventura, os requisitos mínimos recomendados são: Windows Vista 64 bits ou mais recente; processador Intel Core i5-650; 3.20 GHz / AMD Phenom II X4 945; 3.00 GHz; memória RAM de 4GB; placa de vídeo GTX 470 / Radeon HD 6870; Directx 9.0; espaço livre de 4GB no HD e é recomendado (e muito) o uso de controle do Xbox.
Mesmo com uma máquina dentro dos requisitos, o início do jogo pode demorar para acontecer, até você acertar a configuração para o game rodar mais liso e com menos quedas de quadro, tornando a experiência travada.


Se você resolver encarar esse cenário o jogo, parabéns e prepare-se para o próximo desafio. Caso você não possua um controle para o PC, poderá ficar preso na tela de configurações ao tentar arrumar as mesmas para melhorar o desempenho. Sim, é possível ficar preso nas opções do jogo.
As fases são salas que, ao vencer um desafio, somos levados a outras para assim, formar o mapa da cidade e traçarmos a nossa fuga. Basicamente os desafios vão envolver plataformas, robôs e chaves/painéis para prosseguirmos. Conforme avançamos, os desafios vão se misturando e tornando cada sala mais desafiadora.

Um exemplo comum que vamos encontrar é saindo do ponto A, chegar ao ponto B. Objetivo simples e que crescemos fazendo na nossa vida gamer. Porém, no meio desse caminho teremos plataformas para subir, lasers para desviar e com grandes chances de um robô dedicado a atirar em você. Nessa hora que nosso drone começa a ser multi-tarefa, ajudando com a dar conta dos projéteis e dos adversários.

No jogo em sí, sem o controle, conseguiremos “apenas” mover o drone com o mouse, o personagem com o clássico WASD ou setas e pular com a barra. Quando não aparece na tela, a única forma de sabermos nosso objetivo é conversando com os NPCs que respondem apenas ao controle, ficando o teclado sem utilidade nesses momentos.

Uma nova esperança


Por ser uma versão de acesso antecipado, é natural enfrentarmos alguns problemas, porém, em Subaeria devemos encontrar uma situação mais amigável em um futuro patch de correção ou atualização.

O jogo possui uma boa ideia e isso é muito bom de ser ver nos games, para fugirmos das mesmice que alguns jogos novos acabam entrando ao tentar inovar. Ao sair atualização do jogo, traremos as principais mudanças e ela está prevista para algum momento de outubro.

Versão testada no PC combinando teclado, mouse e fighting pad Xbox 360

Revisão: Jaime Ninice
Renan Pinheiro é amante dos games de luta, em especial briga de rua. Segue escrevendo de música a games, sempre em busca dos mais fortes artigos. Pode ser encontrado no HMBR, na Live ou Twitter!

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais