Análise: Warframe (Multi) - os ninjas do espaço sideral

O free-to-play da Digital Extremes surpreende e mostra que gratuidade não é sinônimo de jogo ruim.


Já faz mais de dois anos desde que a Digital Extremes, mesma desenvolvedora dos conhecidos, porém não tão apreciados, Bioshock 2 (Multi) e The Darkness II (Multi), lançou Waframe (Multi). Apesar de um passado que divide opiniões, a desenvolvedora parece ter acertado com seu novo game. Para começar, ele é um dos poucos Free-to-Play verdadeiramente grátis, ou seja, você não será “obrigado” a pagar nada nem dedicar centenas de horas de jogatina a mais que os jogadores pagantes.


O único pré-requisito para poder jogá-lo de modo eficaz é ter amigos, coisa comum com o evento da internet. A essa altura, você deve estar pensando que se trata de mais um entre tantos MMORPG, mas é aí que você se engana. Warframe é, na verdade, um hack 'n’ slash envolvendo uma espécie de ninjas espaciais, tendo como pano de fundo uma narrativa de ficção científica ao estilo Space Opera.

Seja bem-vindo, Tenno

Nessa empreitada especial você controlará os Tenno, uma raça de antigos guerreiros que acordaram depois de centenas anos sendo mantidos em câmaras criogênicas. Uma vez despertos, eles se veem no meio de uma guerra entre os Grineer, uma raça de clones humanoides militarizada, e os Corpus, uma megacorporação responsável por uma avançada tecnologia robótica. Aliado a isso, o mundo também está começando a ser contaminado por uma infecção tecnológica que desfigura suas vítimas e dá origem a criaturas abomináveis chamadas de Infested. Cabe aos Tenno, mais uma vez, trazer paz ao mundo. 

Nesta empreitada, você contará com avançada exo-armadura (facilmente confundida como sendo a classe do seu personagem), que lhe concede atributos e habilidades únicas, além de, obviamente, dar nome ao game, as Warframes. No início você poderá escolher entre três delas: Excalibur, Loki e Mag. A primeira é a mais equilibrada das três, possuindo poderes ofensivos e uma espécie de super pulo que lhe permite alcançar lugares mais elevados. A segunda tem como foco a furtividade, tendo a capacidade de invisibilidade e de gerar um holograma de si próprio para confundir os inimigos. E por fim, você pode optar pela que possui poderes magnéticos, arrastando seus inimigos e diminuindo seu escudo.

Dormir é para os casuais

Essas são apenas três de um total de 25 armaduras disponíveis no jogo. Entretanto não pense que adquirir sua segunda Warframe será tão fácil. Há duas maneiras de conseguir novas armaduras no game. A primeira é adquirindo todas as suas partes, que podem ser encontradas em fases específicas, geralmente o último estágio de cada planeta, e construí-la você próprio, ou simplesmente pode comprá-la com dinheiro real. Lembrando que todo o novato recebe um desconto de 75% durante os três primeiros dias de jogatina, dessa maneira cada Warframe sai por menos de 10 reais, o problema é que, no inicio, você não tem ideia do que comprar, além de, simplesmente, não ter vontade alguma de investir seu dinheiro.

Além da armadura, você ainda pode carregar consigo três tipos de armas: uma arma branca, uma primária e uma secundária. As armas brancas geralmente são de curto alcance e podem variar entre laminas, armas de impacto e esmagamento. Enquanto as armas primárias serão sempre arcos ou armas de fogo. E, por fim, as secundárias, que se tratam de pistolas ou pequenas armas de arremesso, como facas e shurikens.

Nem sempre você poderá contar com a presença de amigos para servir de apoio em suas empreitadas pelo espaço sideral e, para suprir essa falta, você poderá adquirir Companheiros, que serão aliados fiéis do Tenno. Entre os principais deles estão as Sentinelas, que são uma espécie de droids voadores, e os Kubrows, que são uma espécie canina, muito semelhante a lobos, que, mesmo sendo mais resistentes que os droids, requerem  maiores cuidados.

Os Tenno podem desenvolver seu nível proficiência com cada uma das armas do jogo (incluindo os companheiros), que irão progredir conforme a frequência de uso das mesmas durantes as missões, podendo alcançar novos níveis que vão do 1 ao 30. Ademais, você também pode melhorar seus equipamentos com a utilização de mods, que são uma espécie de upgrades em forma de cartas e podem ser colocadas em quaisquer de suas armas. Quanto mais elevado for o nível do seu equipamento, maior o nível de mods que ela será capaz suportar, o que acaba resultando também em uma maior quantidade de cartas em uma mesma arma.

Sua jornada pelo espaço lhe permitirá visitar uma totalidade de 11 planetas, incluindo a Terra, e cada um deles é divido em dezenas de fases. No início você terá poucas missões à disposição, mas na medida em que você as conclui, você desbloqueará não só novos estágios como também poderá viajar para novos planetas.

Suas ações possuem consequências

Da mesma maneira que os humanos, apesar dos Tenno serem todos da mesma raça, eles não são diferentes, divergindo em questão de ideologia e objetivos. Dessa maneira, existem grupos de interesse operando através de diferentes lugares do espaço, os chamado Sindicatos. Há o total de 8 desses grupos em Warframe, contudo, geralmente, você poderá se associar a, no máximo, três deles ao mesmo tempo, pois, à medida em que você ganha fama em um, começará a ser odiado pelos rivais. A vantagem dos Sindicatos é que em troca da realização de missões e da utilização seu símbolo, você poderá ganhar vários itens raros e exclusivos.

Nunca se deixe abater


O ponto forte do jogo, além de sua variedade enorme de equipamentos, é sua jogabilidade. Como foi dito inicialmente, trata-se de um game de temática ninja espacial e não é para menos, todos os Tenno conseguem saltar grandes alturas, realizar acrobacias incríveis e, ainda por cima, andar sob as paredes. Isso, aliado ao ritmo frenético de gameplay, torna este título diferente de tudo o que você já viu.  

Outra grande qualidade é a localização, o jogo foi traduzido para 11 diferentes idiomas, incluindo o português (brasileiro), o que o torna muito mais acessível, facilitando não apenas a compreensão da narrativa e das missões como também contribui para o momento de montar sua própria equipe, aliando-se a outros jogadores, coisa essencial para platinar o jogo sem gastar um tostão.

O game também conta com grandes atualizações periódicas, acrescentando novos conteúdos, que vão desde novas Warframes e armas a novas fases e Bosses. Aliado a isso, durante a confecção desse texto, foi adicionado a Oficina Steam, que lhe permite desenvolver novas skins para os equipamentos e votar naquelas que mais lhe agradaram.
 
Entretanto, nem tudo é perfeito no mundo dos ninjas alienígenas. Apesar de Warframe possuir uma mesma missão, pode se encarar diferentes fases (predefinidas), dependendo do momento em que você está no jogo, a variedade é muito pouca, em outras palavras, um mesmo estágio poderá servir de palco para diferentes missões, consequentemente, a sensação de “déjà vu” será inevitável após algumas horas de jogatina.

Baby don't hurt me

Warframe é um game gratuito, no qual, com exceção de itens estéticos, tudo pode ser conquistado durante suas jogatinas. Os maiores destaques do jogo são seu enorme arsenal e o ritmo alucinante com o qual você realiza cada nova missão. Infelizmente, apesar de ter um bom potencial, a narrativa do jogo é pouco desenvolvida e as fases são reutilizadas inúmeras vezes. De qualquer maneira, Warframe é altamente recomendado a todos que gostam de hack 'n’ slash, ninjas e space opera. Mas, então, meus caros, quais são suas Warframes favoritas? Aguardo comentários!


Prós

  • Free-to-Play que honra o gênero;
  • Alta diversidade de Warframes, armas e mods;
  • Ritmo frenético de jogabilidade.

Contras

  • Narrativa mal explorada;
  • Reutilização de estágios.
Warframe - PC/PS4/XBO - Nota: 8.5
Revisão: Alberto Canen
Capa: Nívia Costa
Manoel Siqueira Silva é formado em Análise de Sistema e Filosofia pela UFSCar. Aprecia games de todos os gêneros, mas confessa ter uma queda por RPG e jogos de mundo aberto. Está sempre em busca de games de qualidade que foram subestimados ou são desconhecidos. Este ser pode ser encontrado no Twitter e no Facebook.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais