Jogatina de FDS #07: o que estamos jogando

Confira o que a equipe GameBlast está jogando nesse final de semana.

Outro feriado prolongado está entre nós. Enquanto alguns vão decidir para onde viajar ou sair, nossa equipe faz uma pergunta mais importante: o que jogar?


Alberto Canen

Com a chegada de Sonic 2 ao eShop do 3DS, em mais um título da coletânea de clássicos 3D da SEGA, eu não pude evitar a vontade de reviver essa segunda aventura do ouriço no Mega Drive, e vou aproveitar o fim de semana para zerar esse ótimo game controlando Tails — o qual prefiro (me julguem). Além disso, após curtir o nosso BlastCast #52, sobre joguinhos de corrida (o qual recomendo bastante), pretendo encarar umas corridas clássicas, com 3D Outrun (só tenho a versão do 3DS) e F-Zero (SNES), e algo mais "moderno", com o sucessor espiritual de Top Gear, Horizon Chase (iOS).

Pedro Vicente

É possível que eu jogue algo no meu Vita no sábado, já que não estarei em casa. Temos aquela velha promessa de terminar o ano escolar em Persona 4: Golden, ou quem sabe voltar para a freneticidade de Freedom Wars.

Já no domingo, pretendo passear pela BGS, e só sairei satisfeito de lá se gastar um tempinho no Dark Souls III (Multi). Fora ele, pretendo ver quais títulos estarão por lá para eu testar um pouco.

Farley Santos

Neste fim de semana e feriado continuarei minhas aventuras pendentes.


Primeiro, voltarei ao Tales of Xillia (PS3) — tinha pausado a jogatina para conferir outras coisas. A minha intenção era terminar o título antes do lançamento de Tales of Zestiria (Multi), mas possivelmente não conseguirei esse feito por conta de vários outros jogos que demandam meu tempo. Também continuarei The Legend of Legacy (3DS), o RPG que todo mundo gosta de criticar o nome (nem vejo motivos para isso). É um jogo bem divertido e diferente, estou gostando muito.

No PC vou dividir o tempo entre dois títulos. O primeiro deles é Crypt of the NecroDancer e seus calabouços cheios de ritmo — viciei principalmente na trilha sonora e sempre que fecho os olhos vejo as caveiras e outros monstros dançando. O outro jogo é Mighty Gunvolt, um jogo de plataforma bem retrô com personagens de Azure Striker Gunvolt e Mighty No. 9. Não tive a oportunidade de jogar no 3DS — por sorte a versão de PC já inclui todos os extras.

Sérgio Bernardo

Visitar a BGS me fez lembrar de muito jogo bom que larguei de lado um tempão atrás... E por isso, vou começar tirando a poeira do PSP, para fazer rolar a treta em Star Wars: Battlefront 2 e, logo em seguida, relembrar os bons momentos que tive com a minha banda (de amigos virtuais) em Rock Band: Unplugged. Claro que isso só enquanto o beta de Star Wars: Battlefront (PS4) não é baixado. Estou fora de casa, até porque estive cobrindo a BGS, e só por isso cometi o crime de não baixar o jogo antes.

Se sobrar tempo — e se Battlefront não sugar todos os meus health points, desbravarei selvas, castelos e uma cidade gótica, todos infestados de monstrinhos perigosos, em Castlevania: Lords of Shadow (X360) e Bloodborne (PS4). Da onde saiu a ideia de jogar esses últimos dois? Bem, eu não sei. Talvez tenha algo a ver com o fato de ter jogado Soul Sacrifice: Delta (PSV) FDS passado, talvez não.

Douglas Marciano

Finalmente, chegou o feriado prolongado, mas acho que esses três dias serão poucos para a quantidade de jogos que estão me esperando. Além de ficar de pernas pro ar ao lado da patroa, vou continuar jogando e analisando Sublevel Zero (PC), dividindo a jogatina com o grinding em World of Warcraft: Warlords of Draenor (PC) e, já que está chegando a nova temporada de The Walking Dead, vou tentar sobreviver a um apocalipse zumbi em Romero's Aftermath (PC). Também pretendo dar outra espiada em WildStar (PC) e tentar baixar o beta de Star Wars: Battlefront (PC). Acho melhor preparar o energético.

July Dourado

Nada melhor do que um feriado prolongado para colocar em dia a minha jornada em Star Ocean: The Last Hope (PS3). Estou prestes a enfrentar o último chefe do jogo e sei que vou precisar de muita, mas muita paciência! Para aliviar a tensão, pretendo também matar as saudades de DJMAX Technika Tune (PSV) e de sua ótima trilha sonora.

Lucas Pinheiro Silva

Recentemente adquiri Undertale (PC) e fiquei completamente viciado nesse jogo. Nesse RPG, você pode conversar com os monstros e poupá-los em vez de matá-los. O mundo do game muda de acordo com o seu nível de violência, assim como o final da história. Já zerei o jogo três vezes e agora farei mais uma e última campanha, dessa vez para conseguir o final pacifista.

Esse fascínio por Undertale me motivou a jogar Earthbound (SNES), uma das maiores inspirações da obra. Esse é um daqueles títulos que todos falam sobre, mas poucos jogam. Vamos ver se finalmente saio do primeiro grupo e entro no segundo.

E você, querido leitor, o que jogará nesse final de semana?
Lucas Pinheiro Silva é analista de sistemas web por profissão, gamer por vocação. Tem grande interesse em game e level design, o que o levou a escrever para o GameBlast. Em seu Facebook e Twitter também fala de outras coisas, como HQs, música e literatura.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais