Definidas as equipes das quartas de finais do mundial de League of Legends

Depois de mais uma rodada emocionante em Paris, finalmente foram decididos os grandes finalistas d... (por João Pedro Meireles em 13/10/15, via GameBlast)

Depois de mais uma rodada emocionante em Paris, finalmente foram decididos os grandes finalistas do mundial de League of Legends. Com mais uma rodada cheia de surpresas, o mundo finalmente conheceu as oito equipes que irão competir em Londres em busca da vaga nas semifinais.

Grupo A - A queda da América

Depois de uma semana bem disputada, o grupo A chegava nessa rodada com o status mais indefinido da competição. A superioridade das equipes orientais, entretanto, finalmente apareceu na quinta feira, classificando Flash Wolves e KOO Tigers para a próxima fase. O grande destaque do grupo, contudo, foram os brasileiros da PaiN Gaming. Após ganharem da CLG a equipe obteve o melhor resultado de uma equipe Wildcard (que não faz parte das maiores regiões) na história do torneio. Após perder uma partida muita acirrada contra a Flash Wolves (que renderia à Pain um lugar em Londres) fica a esperança de que o Brasil tenha direito a uma vaga direta para o mundial do ano que vem.

Grupo B - A ascensão e queda da C9

Se grande surpresa positiva da semana passada tinha sido a volta por cima da Cloud 9, que conseguiu um arrasador 3-0 na primeira rodada, a equipe americana mais uma vez conseguiu o destaque, dessa vez, entretanto, negativo da semana. Com atuações previsíveis e fracas a equipe norte-americana terminou o dia 0-4 após perder a partida de desempate para a AHQ que se junta a Fnatic, que dessa vez voltou a mostrar a qualidade vista na LCS europeia, para a disputa das semifinais.

Grupo C - Nada de novo

Dono do status de grupo "mais sem graça" da competição, o grupo B teve apenas um "repeteco" da semana anterior. O grande destaque, como podia-se esperar, foi a SKT T1 que fez valer o seu favoritismo e saiu invicta dessa fase de grupos, mostrando que nem precisa do talento do melhor do mundo (Faker) para sair vencedora de seus embates. Easyhoon, seu substituto, só não jogou contra a EDG que, apesar de não conseguir vencer os coreanos, conseguiu a segunda vaga do grupo.

Grupo D - A despedida de uma lenda

Normalmente seria difícil apontar um destaque para o grupo D. Se por uma lado tivemos a grande volta por cima da KT Rolster, que assumiu a ponta do grupo, nós também tivemos as boas atuações da Origen que supreendeu muitos ao conseguir a vaga em cima dos chineses da LGD (que tiveram uma atuação horrenda na primeira semana). O destaque, entretanto, vai para o último colocado do grupo, mais especificamente para um jogador: Dyrus. O experiente top laner que foi um dos responsáveis pelo avanço da popularidade de streams de League of Legends pelo mundo (uma das primeiras que eu acompanhei inclusive) deu adeus ao competitivo após uma vitoriosa carreira com participação em todos os mundias. Obrigado Dyrus!

O mundial continua

Depois de uma excelente fase de grupos, é hora de nos prepararmos para Londres, palco das quartas de finais do torneio. Com as chaves definidas (pela imagem abaixo), resta saber quais serão as quatro equipes que conseguirão seu lugar em Bruxelas para a grande semifinal da competição. Para você? Quem carimba o passaporte?

João Pedro Meireles é graduando em Engenharia de Computação na UFRGS. Viciado em jogos, em especial Mobas e RTS, passou boa parte da vida jogando-os e pesquisando sobre aqueles que não teve tempo de jogar, o que o levou a virar redator do GameBlast.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais