Pain Gaming sagra-se campeã do Desafio Internacional 2015

A equipe brasileira conquista a última vaga e é o Brasil no mundial de League of Legends



A equipe composta pelos brasileiros Kami, SirT, BrTT e Mylon e pelo francês Dioud foi até o Chile enfrentar a equipe local, KLG, em busca da última vaga para a fase de grupos do mundial de League of Legends em Paris.


Com uma primeira partida avassaladora (apoiada em uma composição muito focada em rotações no early game), a equipe brasileira, liderada pelo mid laner Kami, que trouxe Twisted Fate pela primeira vez nesse Desafio Internacional (e que inclusive viria a ser um ban confirmado em todas as partidas que seguiram), calou a torcida local e levou o primeiro embate sem grandes dificuldades.

Já na segunda partida vimos a Pain Gaming trazendo mais uma vez a composição que virou marca registrada da equipe nesse split: Protect the Kog. Com um BrTT inspirado, a partida em momento algum saiu do controle, e o 2x0 veio com certa tranquilidade.

Com uma KLG visivelmente abalada, a Pain Gaming fechou a série com uma composição focada em teamfights (mostrando a grande variedade de composições que a equipe trouxe ao longo desse split) e levou mais uma vez a partida, conquistando o Desafio Internacional e a grande vaga no Mundial.

Agora o próximo desafio da equipe, que representa o Brasil na maior competição de League of Legends do mundo, será em outubro em Paris, onde ela se junta as 15 melhores equipes de LoL do planeta. #GoPain!
João Pedro Meireles é graduando em Engenharia de Computação na UFRGS. Viciado em jogos, em especial Mobas e RTS, passou boa parte da vida jogando-os e pesquisando sobre aqueles que não teve tempo de jogar, o que o levou a virar redator do GameBlast.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais