Dicas e Truques

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Multi) — Confira dez dicas para iniciantes

Algumas dicas para você parar de usar o Chicken Hat.

Sendo um dos jogos mais esperados do ano e forte concorrente à jogo do ano, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Multi) é uma das grandes sensações do momento. Tendo extensos mapas e vários cenários táticos, nós aqui do GameBlast decidimos dar algumas dicas para aqueles que desejam se aventurar pela primeira vez pelos cenários áridos e florestais do jogo. Então confiram a seguir, dez dicas para juvenis:

1. Jogue Offline

Atualmente MGSV está com alguns problemas nos servidores que, apesar de te darem algumas recompensas extras ao entrar no jogo, deixam a navegação do iDroid muito mais lenta. A dica aqui é simples: enquanto não arrumarem os problemas com a conexão dos servidores, o melhor jeito de navegar pelos menus rápido e facilmente é jogar offline.

Para ficar offline, basta entrar nas opções (canto superior esquerdo do touch pad) e clicar na opção “desconectar”.


2. Melhore suas ferramentas e base 

Vários acessórios ao longo do jogo podem te oferecer utilidades extras ao serem melhorados. Os binóculos, por exemplo, podem detectar soldados de nível mais alto ao serem melhorados. Já o fulton, pode ser usado para extrair equipamentos cada vez mais pesados, e assim por diante.

Sempre que tiver nível de R&D suficiente, melhore e equipe suas ferramentas para facilitar a sua vida. E falando de níveis, melhorar sua base também é de suma importância! Para abrir novas pesquisas de equipamento, itens e ferramentas, é necessário ter níveis maiores nas plataformas da sua base. Então sempre que coletar recursos (combustível, metal e material orgânico), use-os para expandir sua base e desbloquear novas opções.


3. Como conseguir Quiet e D Dog

Estes companheiros de Big Boss podem ser recrutados mais rápido do que se imagina. Quiet e D Dog podem ser recrutados até a sétima missão, coisa de nem cinco horas de jogo. Diamond Dog aparece em várias missões e basta apenas encontrá-lo (geralmente está onde se inicia missões) e extraí-lo, super fácil.

Com Quiet as coisas já são um pouco mais complicadas: você deve ir a um local no mapa afegão, neutralizá-la (qualquer método não letal) e depois decidir se ela vive ou não. Se você optar por poupá-la, Quiet ficará disponível para ajudar Snake durante suas missões. Confira o processo detalhado no nosso guia.


4. Use seus acessórios de maneira efetiva

Todos nós sabemos que Kojima e Snake possuem um fetiche por caixas e, em MGSV, as coisas ficaram meio sem limites. Há vários tipos de camuflagens para as caixas e elas podem ser usadas para se infiltrar furtivamente em praticamente qualquer lugar, sendo um equipamento versátil e efetivo em qualquer cenário tático.

Os óculos de visão noturna também são uma ótima opção durante tempestades de areia e cenários com muita vegetação. Use-os e obtenha vantagem sobre seus inimigos quando a visibilidade estiver baixa. Há também várias maneiras de atrair inimigos para neutralizá-los rapidamente, uma delas é usando granadas (de luz, fragmentação ou fumaça) e a luz da sua arma (disponível em armas de grade 2). Para ativar a luz, basta entrar no modo de tiro em primeira pessoa, e apertar o direcional digital direito. Depois disso é só mandar um feiche de luz na direção do soldado para chamar atenção.

Vale lembrar que é possível pedir suprimentos também durante as missões, sendo particularmente útil caso seu silenciador ou munições estiverem acabando. Aproveite e se lembre também de sempre usar os binóculos para marcar inimigos e vê-los através de paredes e até mesmo de longas distâncias.


5. Extraia tudo o que puder!

Não se engane, MGSV é um jogo de espionagem tanto quanto é um jogo de colecionáveis. Há mil coisas diferentes para extrair que podem melhorar sua base ou simplesmente adicionar coisas lá e te causar cleptomania.

Piadas à parte, é muito importante extrair equipamentos e soldados enquanto se está no campo. Soldados evoluem sua base e é possível ter mais de 250 deles — alguns até te oferecerão habilidades especiais para ajudar durante as missões. Por exemplo: certos soldados, quando colocados no departamento de R&D, desbloqueiam equipamentos novos e exclusivos para serem pesquisados, de acordo com sua especialidade.
É importante extrair veículos e artilharias, pois eles podem te ajudar durante as missões na FOB (Fowarding Operations Base)
E já que é para colecionar, é possível coletar todos os animais presentes no jogo, desde às aves que sobrevoam os cenários, àquelas cabras que você atropela com o cavalo. Eles não dão nada de especial, mas é sempre legal extrair e colecionar animais no seu "zoológico". Vale lembrar que isso também rende uma conquista.


6. Seguindo o som

Uma das coisas mais legais de Metal Gear Solid V é coletar as fitas de música e entrar naquele clima dos anos 80. Para te ajudar a coletá-las, o jogo te dá uma ajuda: a 30 metros de distância é possível ouvir o som da fita tocando (com a música que ela contém), então é só fazer o óbvio, siga o som e pegue aquele “hit” maroto dos anos 80. As fitas estão geralmente espalhadas por instalações militares, dentro dos rádios dos soldados.

7. Como conseguir melhores soldados para a base

Durante as side ops, alguns objetivos consistirão em eliminar inimigos em certas áreas. Aqui é que está a pegada: a maioria dos alvos importantes são personagens de classe A+ ou superior. Então ao invés de eliminá-los, os neutralize (métodos não letais) e extraia. Assim que eles chegarem na sua base, ficarão presos e logo serão persuadidos a ajudar o Big Boss, rendendo soldados extremamente efetivos em várias plataformas.

Outra maneira de conseguir personagens de classes superiores é fazendo as missões da história e extraindo os prisioneiros que volta e meia aparecem por lá. Vale lembrar que alguns soldados presentes nas missões possuem atributos bem altos e só podem ser capturados nelas, fique atento!


8. Obtendo informações e pontos de interesse

Se há uma coisa importante nesse jogo, são informações. Com elas, você vai conseguir a localização de soldados altamente habilidosos, materiais, blueprints (para criar novos equipamentos) e até diamantes. Mas como eu consigo essas informações? Fácil, basta interrogar soldados pelos mapas ou VIPs durante as side ops. Quanto mais importante for o soldado, melhor será a informação adquirida.

9. Mantendo a saúde financeira

Eu sei, é difícil ficar sem dinheiro em The Phantom Pain, mas caso você precise de mais dinheiro, seja para criar novas instalações, ampliar ou até mesmo criar um helicoptero novo, temos algumas dicas para você não ficar no vermelho.

O seu ranking interfere diretamente na quantidade de GMP (dinheiro) e soldados que você receberá ao completar qualquer missão. Ou seja, quão melhor você se sair, mais dinheiro terá. Também não deixe de pegar recursos e diamantes durante as missões, para dar um extra caso surja a necessidade. Vale lembrar que completar side ops e capturar animais também é uma ótima fonte de renda para a base.

O redator Pedro Vicente me deu uma dica bem legal: sempre que é construída uma nova instalação na base, surgem novos diamantes por ela, então sempre que criar ou expandir algo na sua base, procure os diamantes.


10. Aproveitando o clima

The Phantom Pain possui um sistema climático incrível: o tempo pode ficar extremamente chuvoso, nublado, ensolarado e é possível até presenciar tempestades de areia. Nesses momentos, é bom aproveitar a oportunidade e usar o clima à seu favor. Tempestades de areia abafam sons e reduzem à visibilidade ao mínimo, então os inimigos só o verão a menos de 20 metros e também não conseguirão escutar o som dos seus passos.

Durante chuvas, a visiblidade também ficará extremamente reduzida e o som será abafado (mesmo que menos que as tempestades de areia), e esse é um excelente cenário tático. Saber usar as alterações climáticas é um dos pontos chave para se conseguir tirar o máximo do jogo, então se utilize dos seus meios sempre que possível.

Sugestões ou dúvidas? Coloque nos comentários!

Colaboração: Pedro Vicente
Revisão: Farley Santos
Pedro Gusmão aprecia bons jogos independente de plataforma e gênero, mas tem um apreço especial por RPGs e jogos de estratégia. Aficionado por temas fantásticos, adora passar seu tempo livre escrevendo e enfrentando seres mitológicos em videogames.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook