Jogatina de FDS #05: o que estamos jogando

Confira o que a equipe GameBlast está jogando nesse fds.

Mais um final de semana, mais uma vez a pergunta essencial para nossa equipe: o que ela pretende jogar na folga?

Lucas Pinheiro Silva

Essa semana será bem frenética. Jogarei (ou tentarei jogar) seis games.

O primeiro em minha lista é SOMA (PC), nova obra de horror da Frictional Games. Joguei o beta há algum tempo atrás e garanto: é de gelar a alma. Com ele, passar as noites insone jogando não será problema.

Quando cansar de gritar de medo, irei me aventurar em A Fistful of Gun (PC). Jogarei junto com meu parceiro Manoel, da redação, e pretendo gravar o coop desse divertido shooter do velho oeste.

Além disso, alternarei entre Act of Aggression (PC), Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (Multi) e Civilization V. Em algum momento dormirei e me alimentarei. Acho.

Farley Santos

Meu tempo nesse fim de semana está meio reduzido, logo jogarei poucas coisas.

Deverei gastar boa parte do meu tempo livre explorando melhor a demo de The Legend of Legacy (3DS). Como boa parte das versões de demonstração de um jogo publicado pela Atlus, essa demo tem muito conteúdo e vários segredos para serem encontrados, sendo que todo o progresso poderá ser transferido para a versão final. Pelo pouco que joguei, o título parece ser mais um JRPG qualquer, mas bastaram alguns minutos para eu perceber que ele é bem único: ele é repleto de mecânicas interessante e nada convencionais. Ah, contrariei a maioria e não escolhi o simpático sapo Filmia como meu protagonista... por mais que, no fim das contas, ele acabou entrando no meu grupo.

Fora isso, tentarei jogar mais um pouco de Shovel Knight: Plague of Shadows — morri loucamente da última vez que joguei, as fases estão repletas de momentos de plataforma bem desafiantes.

Manoel Siqueira Silva

Esse final de semana opções não me faltarão, a Redação do GameBlast está recheada de games essa semana.

Dentre os vários títulos, optei por jogar A Fistfun of Gun (PC), um shooter isométrico indie com temática de faroeste, desenvolvido pela FarmerGnome. O game possui varias opções de personagem, cada um deles com armas e estilo únicos. A gameplay se desenrola em um ritmo alucinante (120 fps e além) e, por se tratar também de um game do genêro roguelike, ele possui uma geração procedural de fases e permadetah (morte permanente), o que torna sua progressão difícil e lenta. O multiplayer, entretanto, o torna um jogo muito atrativo, pois permite joga-lo em modo cooperativo, com um amigo, ou duelar com outros jogadores pela internet a fora.

Também estou jogando One Piece Warriors 3 (Multi), mas isso você pode conferir no Live Blast 14!

Alberto Canen

Este fim de semana pretendo me dedicar a uma jogatina retrô. Começando por Spider-Man Vs. the Kingpin, do Mega Drive, que eu adquiri esta semana. Eu curtia muito o jogo na adolescência, mas como tinha apenas o Master System na época, acabei jogando ou na locadora, ou na casa de um amigo — consegui zerá-lo ainda assim. No clima de Super Mario Maker, pretendo jogar Super Mario World. Considerando que o novo jogo do encanador está custando um valor absurdo atualmente em virtude do momento econômico do país, o jeito é apelar para os clássicos. Para finalizar, vou passear por Hyrule em The Legend of Zelda: Four Swords Anniversary Edition e me redimir por ainda não ter zerado essa versão, que foi disponibilizada gratuitamente para o 3DS no final de 2011 até o início de 2012.

João Pedro Meireles

Depois de um longo período em que jogar era algo praticamente impossível de se realizar, é finalmente a hora de me reencontrar com meus dois grandes amigos: mouse e controle. Para o mouse vou fazer uma escolha simples e que na verdade eu jogo todos os finais de semana: League of Legends (aproveitando também para aumentar a hype para o mundial que começa no mês que vem). Já para meu querido controle eu reservei o novo FIFA 16 (Multi), especialmente o modo que virou carro chefe da franquia: FUT (Fifa Ultimate Team). Depois de muitos perrengues para comprar o jogo (valeu Origin) finalmente é hora de descansar e deixar a bola rolar.

Pedro Vicente

Infelizmente não vou poder jogar no sábado, mas no domingo pretendo brincar um pouco no PES 2016 (Multi), que marca meu reencontro com a franquia depois de 7 anos. Aproveitei a promoção da Ubisoft na PSN e peguei o Assassin’s Creed Unity (Multi), assim que os mais de 40GB forem baixados (é muito update) pretendo dar uma olhadinha no jogo, matar um pouco a saudade de Paris (nem que seja da representação de Paris do fim do século XVIII).

Esses serão partidinhas mais rápidas, irei focar a maior parte do tempo em Afro Samurai 2 (Multi), e continuar as missões do rei dos possuídos em Destiny (Multi).

E você, querido leitor, o que pretende jogar nesse final de semana? Diga aí nos comentários!
Lucas Pinheiro Silva é analista de sistemas web por profissão, gamer por vocação. Tem grande interesse em game e level design, o que o levou a escrever para o GameBlast. Em seu Facebook e Twitter também fala de outras coisas, como HQs, música e literatura.
Este texto não representa a opinião do GameBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais