DiGrátis

Jogos gratuitos recomendados da semana #04

Cinco games inusitados para qualquer um baixar e jogar sem precisar olhar para a conta bancária.

Final do mês se aproxima, a grana vai apertando, a ansiedade pelo contracheque alcançando níveis gigantescos… Às vezes não sobra grana nem para comprar um indiezinho barato. Felizmente, existe uma enorme seleção de jogos que não custa um centavo sequer, ótimos para entreter todos os universitários que já gastaram todas as economias com miojo e solteiros que têm que brincar de adulto para pagar as contas.


Sim, essa introdução foi meio que um resumo da minha vida. Não virem adultos, fica a dica.

Wanderment (PC)

Um trocadilho bacana (wander + enchantement, ou andar + se encantar) para um conceito criativo. Em Wanderment, você controla um gatinho e deve guiá-lo até o outro lado da cidade. O problema? O bichinho é cego. Mas isso não é tão ruim. Parece que o jogo lhe coloca no papel do gato do Demolidor. Sua audição superaguçada lhe permite "ver com os ouvidos".

Qualquer som ou barulho faz o mundo explodir numa vibração de cores, tornando o caminho visível. Você passará a maior parte do tempo pulando para poder “ver” as plataformas no percurso, mas sons do ambiente, como pessoas e máquinas, também lhe ajudam.

Além da jogabilidade interessante, o game possui ótima estética audiovisual. Quem diria que o mundo de um cego pudesse ser tão bonito?

Recomendado para: Quem gosta de gatinhos e coisas coloridas.
Não recomendado para: Quem acha a ideia de um gatinho cego muito cruel.
Quanto custa? R$ 0,00.
Onde jogar? Gamejolt.

Don’t Look Back (PC/Android)

Terry Cavanagh é um dos melhores desenvolvedores independentes da atualidade. Criador de obras como VVVVVV (Multi) e Super Hexagon (PC/Mobile), ele é reconhecido principalmente por sua abordagem minimalista aos jogos. Don't Look Back, seu primeiro game, mostra que essa característica é antiga e o acompanhava desde o começo da carreira.

O jogo se trata de um platformer run and gun extremamente básico. Você pode pular, andar para os lados e atirar. O visual é monocromático, os efeitos sonoros simples e a música esparsa, aparecendo somente em momentos pontuais. São poucos elementos, mas todos usados nos momentos certos e da melhor maneira possível — até mesmo o espaço vazio é bem utilizado.

Outra característica peculiar dos jogos de Cavanagh que também já estava presente aqui: a dificuldade elevada, mas acessível. Qualquer impacto com inimigos ou armadilhas é fatal para o protagonista do game, mas ele é imediatamente revivido para o começo da última tela em que se encontrava, similar ao que ocorre em VVVVVV. Pelo visto, mesmo antes da relativa fama Cavanagh já era um excelente game designer.

Recomendado para: Fãs de jogos minimalistas.
Não recomendado para: Quem não gosta de tanto minimalismo assim.
Quanto custa? $ 0,00.
Onde jogar? Site oficial.

Strawberry Cubes (PC)

Numa época em que muitas empresas fazem lançamentos apressados e cheios de bugs, Strawberry Cubes toma um passo à frente e transformas os bugs em uma mecânica! Hum... Bem, mais ou menos. Na verdade, eu não saberia dizer se há algum bug no jogo — qualquer erro indistinguível do funcionamento normal do programa.

A estética é o principal "problema". Strawberry Cubes parece um jogo de Game Boy Color em que o Missigno saiu de controle. Parece que tudo se deteriorará numa corrupção pixelada a qualquer momento. Suas mecânicas nada convencionais “pioram” mais ainda a situação, concebendo a imagem de um game "quebrado", com coisas bizarras acontecendo e quebra-cabeças muitas vezes sem sentido.

O resultado final é... curioso, no mínimo. É muito interessante tentar desvendar as bizarrices deste pequeno mundo digital lunático e notar que os “bugs”, no final das contas, foram planejados..

Recomendado para: Quem acha que LSD é uma ferramenta artística válida.
Não recomendado para: Quem gosta de coisas que fazem sentido.
Quanto custa? € 0,00.
Onde jogar? itch.io.

Royals (PC)

Qualquer pessoa que já estudou um pouco de história está cansado de ouvir falar que a Idade Média foi terrível. A infame "Idade das Trevas" sofreu com pragas, fome, guerras e canto gregoriano. Mas algo que é comentado apenas de passagem sobre a época e que foi determinante para tornar a vida de algumas pessoas um inferno era a ausência quase que completa de mobilidade social. Se você nascesse um camponês, morreria um camponês, recaindo o mesmo destino sobre todos os seus descendentes.

Neste jogo de estratégia em turnos, seu objetivo é justamente contrariar essa ordem natural e tornar-se um rei ou rainha. Qualquer avanço usa anos de sua vida e o trabalho de suas próprias mãos é praticamente ineficiente. Logo se torna evidente que a única maneira de chegar ao topo é usando o trabalho de outras pessoas. Só explorando o máximo de plebeus você pode, um dia, talvez, virar um nobre. Ainda assim, mesmo que você faça os investimentos certos, são grandes as chances de seu personagem morrer sem deixar marca alguma na história.

Espera aí, isso é sobre a Idade Média ou os tempos atuais?

Recomendado para: Quem quer um jogo de simulação super-hardcore.
Não recomendado para: Aspirantes à realeza.
Quanto custa? ¥ 0,00.
Onde jogar? itch.io.

Pacapong (PC)

"Isso só poderia existir graças à internet." Esse foi o primeiro pensamento que passou em minha cabeça quando vi Pacapong, uma inusitada mistura de Pac-Man, Pong e Space Invaders.

Sem surpresas, a mistura é muito boa. O que realmente surpreende é como ela foi executada: os elementos dos três jogos se integram muito bem, criando uma experiência multiplayer divertidíssima e criativa. Assim como em Pong, você deve arremessar uma esfera contra seu oponente, esperando que ele não consiga rebatê-la — mas, neste caso, a esfera é o Pac-Man, que pode enviar Space Invaders contra o inimigo e transforma as pelotas que come em munição contra os alienígenas.

Mesmo sozinho é interessante de se jogar, virando um exercício de multitasking. Entretanto, o game brilha mesmo é quando se joga acompanhado. Uma pena não haver um multiplayer online, seria uma ótima adição.

Recomendado para: Quem gosta de Pac-Man, Pong ou Space Invaders.
Não recomendado para: Quem não curte nenhum dos três (existe?).
Quanto custa? ₩ 0,00.
Onde jogar? itch.io.

Antes de partirmos, uma dica: por um tempo limitado, o jogo Stealth Inc 2: A Game of Clones (Multi) está de graça no Humble Bundle. Corre lá para pegar!

Revisão: Vitor Tibério
Lucas Pinheiro Silva é analista de sistemas web por profissão, gamer por vocação. Tem grande interesse em game e level design, o que o levou a escrever para o GameBlast. Em seu Facebook e Twitter também fala de outras coisas, como HQs, música e literatura.

Comentários

Google+
Facebook


Podcast

Ver mais

No Facebook

Ver mais